Totalitarismo - segunda guerra mundial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1481 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Totalitarismo é um termo que representa uma ideologia e prática política caracterizada pela total subordinação dos indivíduos aos interesses do Estado. Num regime totalitário o Estado possui poderes absolutos sobre toda a vida política, social, cultural, religiosa e económica. O totalitarismo foi particularmente visível nas ditaduras europeias surgidas após o final da Primeira Guerra Mundial,constituindo uma das características principais do fascismo, do nazismo, do franquismo, do salazarismo e do comunismo soviético.
Fascismo
Regime político de caráter totalitário que surge na Europa no entreguerras (1919-1939). Originalmente é empregado para denominar o regime político implantado pelo italiano Benito Mussolini entre 1919 e 1943. Suas principais características são o nacionalismo, quetem a nação como forma suprema de desenvolvimento, e o corporativismo, em que os sindicatos patronais e trabalhistas são os mediadores das relações trabalhistas. O fascismo nasce oficialmente em 1919, em Milão, quando Mussolini funda o movimento intitulado Fascio de Combatimento, cujos integrantes, os camisas pretas (camicie nere), se opõem à classe liberal. Em 1922, as milícias fascistasdesfilam na Marcha sobre Roma. Pretendem tomar o poder militarmente e ocupam prédios públicos e estações ferroviárias, exigindo a formação de um novo gabinete. Mussolini é convocado para chefiar o governo do país, que atravessa profunda crise econômica, agravada por greves e manifestações de trabalhadores. Por meio de fraudes, os fascistas conseguem maioria parlamentar. Em seguida, Mussolini dissolve ospartidos de oposição, persegue parlamentares oposicionistas e passa a governar por decretos. As características do regime são cerceamento da liberdade civil e política, unipartidarismo, derrota dos movimentos de esquerda e limitação ao direito dos empresários de administrar sua força de trabalho. A política adotada, entretanto, é eficiente na modernização da economia industrial e na diminuição dodesemprego.
Nazismo
Nazismo é um movimento autoritário que nasceu na Alemanha após 1ª guerra mundial e cresceu quando Hitler subiu ao poder na Alemanha em 1933. O Nazismo se baseia no anticomunismo, no anti-semitismo, e na crença na superioridade da raça ariana em relação às outras raças e pregava a "limpeza racial" no país com a perseguição a outros povos como judeus, curdos, etc.Também queriaa expansão da Alemanha Nazista na Europa.
Ao final da 1ª Guerra Mundial, além de perder territórios para França, Polônia, Dinamarca e Bélgica, os alemães são obrigados, por determinação do Tratado de Versalhes, a pagar pesadas reparações financeiras aos países vencedores. O pagamento dessa penalidade provoca o crescimento da dívida externa e compromete os investimentos internos, gerandofalências, inflação e desemprego em massa: as tentativas fracassadas de revolução socialista (1919, 1921 e 1923) e as sucessivas quedas de gabinetes de orientação social-democrata criam condições favoráveis ao surgimento e à expansão do nazismo no país.
O intervencionismo e a planificação econômica adotados por Hitler eliminam, no entanto, o desemprego e provocam o rápido desenvolvimento industrial,estimulando a indústria bélica e a edificação de obras públicas, além de impedir a retirada do capital estrangeiro do país.

A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
A paz humilhante e revanchista imposta no Congresso de Versalhes aos derrotados na 1ª Guerra Mundial foi, sem dúvida, uma das causas da 2ª Guerra Mundial, iniciada 20 anos depois. Podemos citar ainda, causas determinantes do segundo conflito mundial, acrise de 1929, a implantação dos regimes totalitários de direita e de esquerda e os interesses imperialistas e expansionistas de algumas das grandes potências mundiais, como a Alemanha, a União Soviética, o Japão, a Itália e outras. No período entre guerras, as nações européias reiniciam suas políticas de alianças político-militares, a corrida armamentista e acordos de não-agressão, que não...
tracking img