Todos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3377 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
(PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA DO CONCURSO DE ADMISSÃO AO 1º ANO − CMB −

2010 / 2011)

MÚLTIPLA-ESCOLHA
(Marque com um “X” a única alternativa certa) TEXTO I Os Limites 01 Vi recentemente um filme - "Treze: a inocência perdida" -, realizado por Catherine Hardwick, que me deixou chocado pela confusão que pode gerar em pais e jovens. O filme retrata a vida de uma família de classe médiaamericana, mais precisamente a de uma jovem adolescente com treze anos, que vive com a 05 mãe e o irmão mais velho, uma vez que os pais estão divorciados. Confrontada com a crise da adolescência e com a necessidade de construir uma identidade, a jovem atravessa um período de grande solidão e abandono. Numa tentativa de se encontrar a si própria, a protagonista do filme acaba por cair numa vida marginal:desleixando os estudos, roubando, consumindo drogas e 10 aventurando-se numa vida sexual promíscua. A mãe vai assistindo a este processo de decadência e destruição da própria filha, numa passividade que se confunde com tolerância e amor. Ora, é precisamente aqui que está o grande perigo! Ao não criar limites, a mãe acaba por esvaziar a sua presença e o seu próprio papel. 15 Os pais excessivamentebons e permissivos são tanto ou mais prejudiciais para os jovens do que aqueles demasiado severos e castradores. Isto acontece frequentemente com alguns pais, já que intoxicados, pressionados e baralhados com "algumas campanhas", acabam por se demitir do seu papel de educadores sob um pretexto de tolerância e de modernidade. 20 Os nossos "jovens sem limites" aventuraram-se na droga, no álcool, noscomportamentos marginais, no sexo promíscuo (desde que uses a "camisinha" está tudo bem!), nas corridas loucas a altas velocidades nas estradas, etc.. Não existem limites. Com esta atitude elimina-se a dicotomia do bem e do mal, do que está certo e do que está errado. 25 É errado pensar que se pode educar sem limites. Os jovens precisam desses limites e os pais têm aqui um papel fundamental. Criarlimites aos filhos é uma prova de amor! Ao contrário do que ocorre com o comportamento da mãe da jovem, no referido filme, que sob o pretexto da tolerância, acaba por deixar ainda

Página 2

(PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA DO CONCURSO DE ADMISSÃO AO 1º ANO − CMB −

2010 / 2011)

mais abandonada a sua própria filha. A ausência de limites gera confusão e leva a um "caos interior". Por vezes épreciso dizer "não", "basta" ou "chega"! Não se pode fazer tudo o que se quer, ou o que se deseja. Por quê? Porque a vida não é assim! Por isso, é preciso aprendê-lo desde cedo. Pedro Afonso
In:http://www.portaldafamilia.org.br/artigos/artigo452.shtml.com adaptações) acessado em 09.08.2010

QUESTÃO 01 - Leia as afirmativas abaixo a respeito do texto I e julgue-as em verdadeiras (V) ou falsas(F). ( ( ( ( ) O autor revela-se chocado com a situação de abandono em que se encontram a mãe, o filho mais velho e a adolescente de treze anos. ) O autor atribui como causa principal da confusão gerada entre pais e jovens o fato de os pais da garota estarem divorciados. ) A atitude da mãe em relação ao processo de destruição da filha revela, na verdade, uma ausência da autoridade materna. ) Navisão do autor, pais modernos e tolerantes demais criam jovens “sem limites”; o ideal seria que fossem extremamente severos.

A opção que contém a sequência correta é A B C D E ( ( ( ( ( ) V – F – F – V. ) F – F – V – V. ) F – V – V – V. ) V – F – F – F. ) F – F – V – F.

QUESTÃO 02 - Leia os dois períodos observando a relação de sentido que as orações em destaque estabelecem com a oraçãoprincipal. Marque a opção incorreta. I – Os pais, que se consideram excessivamente bons e permissivos, acabam por se demitir do seu papel de educadores. II – Os pais que se consideram excessivamente bons e permissivos acabam por se demitir do seu papel de educadores. A B C ( ( ( ) As orações em destaque caracterizam de forma diferente o termo antecedente pais. ) Em I, informa-se que nem todos os pais se...
tracking img