Tipos de tecidos vegetais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1176 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Tipos de Tecidos Vegetais
* Tecido de preenchimento
* Parênquima
* Tecidos de sustentação
* Colênquima
* Esclerênquima
* Tecidos de Revestimento
* Epiderme
* Periderme
* Tecidos de Condução
* Xilema
* Floema

 Parênquima ao tecido pouco especializado que forma a parte interior de muitos órgãos, como a raiz e o caule jovem (córtex)e as folhas (mesofilo) das plantas vasculares ou das frondes e talos das algas. O parênquima está relacionado com a fotossíntese, a reserva de várias substâncias, cicatrização e origem de estruturas adventícias. As células do parênquima podem se especializar em células ou estruturas secretoras. Os parênquimas são os tecidos localizados entre a epiderme e os tecidos condutores. Eles desempenhamvárias funções, como preenchimento, assimilação, reserva e secreção. Suas células são vivas e possuem vacúolo grande. A parede celular é delgada, com pequenos poros ou perfurações através dos quais ocorre contato entre os protoplasmas de células vizinhas. O parênquima se origina no procâmbio, felogênio e meristema fundamental. Tem como função cicatrização/regeneração, reserva(ar e água), transporte,fotossíntese e síntese.
Características:
* Parede fina e flexível
* Campos primários de ponto ação
* Espaço intercelular
* Isodiamétrica
* Protoplasto vivo e atuante

Tipos de parênquima:
* Clorofiliano ou clorênquima: parênquima que contém cloroplastos,
* Fundamental ou de preenchimento: células grandes, paredes finas e espaços intercelulares,
* Reserva:células com conteúdo
* Transportador
* Aerênquima: Parênquima com grandes espaços intercelulares. Obs: o aerênquima compreende não só os espaços de ar, como o parênquima em volta também.
* Amilífero: Parênquima com reserva de amido
* Aqüífero: Parênquima de reserva de água

Colênquima trata-se de um tecido especializado na sustentação esquelética dos vegetais. É formado por um grandenúmero de células vivas alongadas, dotadas de paredes grossas e rígidas muito resistentes, com depósitos de celulose reforçados. As células do tecido colênquima se organizam em feixes longitudinais no interior das partes jovens dos caules. Também, por ser formado por células vivas que crescem por alongamento, o colênquima proporciona sustentação aos caules sem impedir o seu pleno crescimento.Ascélulas do colênquima são chamadas de fibras colênquimáticas, e normalmente, em um corte transversal do caule, aparecem encostadas ou muito próximas à epiderme.
Há diferentes tipos de colênquima:
* Colênquima angular - Há espessamento da parede celular na seção longitudinal e nos ângulos.é o tipo mais comum e ocorre nos caules e pecíolos.
* Colênquima lamelar - Apresenta espessamento em todasas paredes tangenciais externas e internas.É pouco comum e ocorre em caules jovens e pecíolos.
* Colênquima lacunar - Com as paredes espessadas nos ângulos, mas apresentando espaços cheios de ar entre as células.
* Colênquima anular - Com todas paredes espessadas da célula. O lumen apresenta-se circular.

Esclerênquima  tecido de sustentação dos vegetais, composto por células mortas,o esclerênquima é composto por diversos tipos celulares, por vezes formando tecidos distintos, por vezes dispersos no parênquima.
São todas células mortas na maturidade, com parede celular espessada e lignificada, de modo que a parede destas células permanece no vegetal, constituindo tecidos.
Fazem parte do esclerênquima células associadas ao xilema (fibras) e os esclereídeos, dispersos entre ostecidos parenquimáticos, ou constituindo verdadeiras carapaças, como quando formam o envoltório de sementes.
Função:
* Sustentação
* Resistência
* Elasticidade
Características:
* Paredes secundárias lignificadas
* Pontoações
* espessamento variado
* formato variável
* protoplasto morto
Tipos:
* Fibra - xilemática e não xilemática
* Esclereíde...
tracking img