Tipos de governo da igreja e suas definições

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (747 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TIPOS DE GOVERNO DA IGREJA E SUAS DEFINIÇÕES
A forma de governo da Igreja Local é muito importante, pois revela como são tomadas as decisões e como a igreja é administrada. Vejamos quais são:EPISCOPAL
No século II o bispo surgiu como pastor principal e o administrador das igrejas de uma região. Teve também o prestígio de ser o principal celebrante da Ceia do Senhor. Este papel do bispo veioem tempos de perseguição e de lutas contra os hereges. Os bispos eram os únicos que tinham o direito de ordenar presbíteros e diáconos, cujas funções eram limitadas na Igreja. O avanço do poder dobispo seguiu o exemplo romano, pois era como uma monarquia.

As Igrejas Católicas do Oriente e a de Roma, são episcopais, isto é governada por hierarquias, com vários níveis de clero culminando numaautoridade superior, que é visível. Nas diversas igrejas ortodoxas do oriente essa autoridade é constituída por patriarcas, arcebispos e metropolitanos; na romana é o Papa. A Igreja Católica ApostólicaRomana é mais centralizada no Papa, o qual nomeia os bispos. Ambas requerem que os bispos sejam celibatários. Historicamente, ensinam que não há salvação fora de sua igreja institucional.

Com aReforma Protestante, algumas igrejas que rejeitaram a supremacia romana mantiveram a premissa de que o governo das igrejas deva estar nas mãos de bispos. As igrejas Metodistas e Anglicanas são“episcopais” porque são governadas por bispos. Os bispos da Anglicana alegam que sua ordenação sucede dos apóstolos. Os artigos de fé da Igreja Anglicana são parte da doutrina oficial, mas não se exige que osclérigos e leigos os aceitem. Somente os bispos têm o direito de ordenar diáconos e presbíteros (sacerdotes) e de participar da ordenação de outros bispos. O pároco é um sacerdote, o líder espiritual daigreja local; as juntas eleitas pelas congregações resolvem os assuntos temporais. O clero e alguns leigos das congregações e missões formam a Diocese da sua área, chefiada pelo bispo. O Concílio...
tracking img