The wall

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4158 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
THE WALL: ASPECTOS DA VIOLÊNCIA SIMBÓLICA NA EDUCAÇÃO

THE WALL: SYMBOLIC ASPECTS OF VIOLENCE IN EDUCATION

ROSA, Cínthia Morelli[1]

CAMARGO, Wander Amaral[2].





RESUMO: O presente artigo aborda a questão da dominação simbólica, especialmente a violência simbólica vinculada à Educação. Tem como aporte teórico os estudos do filósofo francês Pierre Bourdieu (1994, 1998 e 2007). Aproposta de análise refere-se à constante presença da violência no ambiente escolar, principalmente quando esta acontece de forma velada e com interesses específicos da classe dominante, caracterizando-se como violência simbólica. Com o objetivo de contribuir com o estudo, apresentamos um trecho do filme Pink Floyd The Wall, quando este envolve uma situação escolar.

PALAVRAS-CHAVE: Educação;Violência Simbólica; The Wall.



ABSTRACT: This article addresses the issue of symbolic domination, especially the symbolic violence related to Education. As a support we have the theoretical studies of the French philosopher Pierre Bourdieu (1994, 1998 and 2007). The proposed analysis refers to the constant presence of violence in the school environment, especially when this happens covertly andwith specific interests of the ruling class, characterized as symbolic violence. Aiming to contribute with to the study, we present an excerpt of the film Pink Floyd The Wall, since it involves a school situation.

KEYWORDS: education, symbolic violence, The Wall.



INTRODUÇÃO

A violência é um tema bastante recorrente nas discussões atuais, sejam elas no campo da educação, da política,das instituições de segurança, da família, da mídia, etc. Cotidianamente convivemos com o fator violência quase que como um fato natural na vida humana: acidentes trágicos, brigas entre conhecidos e estranhos, balas perdidas, assaltos, porte de armas, exploração sexual, racismo, entre outras formas de manifestação. Além desses elementos explícitos de violência, nos deparamos com outra modalidade:a violência velada e camuflada. Esse tipo de violência surge de atitudes repressivas e autoritárias, das quais, muitas vezes, não nos damos conta, pois elas já sofreram um processo naturalizador e estão incutidas em nossas vidas, até dentro de um contexto social e cultural. É essa modalidade de violência que o filósofo Pierre Bourdieu categorizou como violência simbólica da qual nos valemos para areflexão acerca da Educação neste artigo. No entanto, consideramos que tal violência ocorre também de forma significativa em outras instituições da sociedade, como política, mídia, Estado, família, etc, mas que, neste momento, não estão em nosso foco de atenção, embora estejam relacionadas com a Educação em âmbitos diversos.

O que nos chama mais a atenção é a presença da violência – seja elafísica ou simbólica – nos processos educativos, campo que envolve sistema de ensino, instituição escolar e todos os agentes envolvidos nessa relação: professor, aluno, direção, coordenação e família. Nesse sentido, abordaremos neste trabalho alguns aspectos da violência simbólica atrelada à Educação e, ainda, sua relação com o filme Pink Floyd The Wall, especialmente no trecho em que esteapresenta um clipe envolvendo uma situação escolar.

CONCEITOS FUNDAMENTAIS DA TEORIA DE PIERRE BOURDIEU

Este trabalho toma como embasamento teórico o estudo do filósofo francês Pierre Bourdieu, cujas reflexões abordaram a questão dos processos legitimadores impostos pelas classes dominantes na busca da disseminação de uma cultura. Considerando os aspectos sociais e culturais vividos pelo homem,Bourdieu lançou certos conceitos tomados como instrumentos teórico-metodológicos que contribuem significativamente para os estudos sociológicos. Partiram dele as noções de habitus, campo e violência simbólica.

No capítulo A Gênese dos Conceitos, da obra O Poder Simbólico (2007), Pierre Bourdieu mostra o caminho percorrido para se chegar ao conceito de habitus. Segundo ele, “a noção de...
tracking img