The life and times of eduardo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 226 (56348 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Nome: New perspective.
Autora: Anônima.
Protagonistas: Vitória Morais e Eduardo Surita.
Sinopse: ''Vitória Morais, 15 anos, o prazer é seu. Sou a garota mais cobiçada do colégio entre os homens e a mais invejada entre as mulheres. Namoro o garoto mais gato da escola, Felipe Mendes, por isso que o sonho de algumas meninas é voar no meu pescoço. Enfim, sou ignorante, metida a besta, boçal,infantil, esnobe e gosto de viver à sombra da reputação do meu pai. Mas nesse ano, em especial, conheci alguém que me fez mudar o jeito de ver as coisas...''
Tradução do título: Nova perspectiva.

#PRÓLOGO — Garota má.

Bem, como eu havia dito, gosto de viver à sombra da reputação do meu querido pai, Alberto Morais, dono da maior rede de shoppings do Rio de Janeiro. Eu me sinto superior ao falardele, afinal não era pra menos, ele era dono de 65% dos shoppings da capital carioca.
Sim, sou uma carioca, meio fora do comum, devo ressaltar. Tenho estatura mediana, cabelos bem loiros e levemente ondulados, até o meio das costas. Olhos verdes, branca, bochechas bem rosadas e um sorriso encantador. Hoje é o primeiro dia de aula na escola onde eu estudo, o Franco-Brasileiro, e estou bastanteansiosa pra reencontrar meu amoreco. Já falei do meu namorado né, gente? Ah, Felipe Mendes! Como eu o amava... Ele era simplesmente perfeito! Alto, musculoso, moreno e muito sedutor.
Tomei meu banho, vesti a blusa do colégio, uma calça jeans skinny e um sapato scarpin pink flúor. Não uso maquiagem no dia-a-dia, não servia pra nada mesmo, minha pele era perfeita! Sem cravos, espinhas ou qualquertipo de mancha. Arrumei minha bolsa e desci para tomar café.
- Quero meu sanduíche natural e meu suco agora, Estér. - Ela era minha criada.
- Sim, senhorita Morais, aqui está. - Ela colocou a comida na minha frente. - Então, preparada para o primeiro dia?
- Você é paga para me servir, não para conversar. Saco, perdi a fome! Por sua culpa, imprestável.
- Desculpa senhorita, não se repetirá.
-Que seja! Rogério, cadê a limusine? Não quero me atrasar!
Rogério era meu motorista particular, o único criado naquela casa que eu gostava. Ele se apressou em preparar o carro e abriu a porta para mim. Entrou no carro e deu a partida.
- Então, Vitorinha, segundo ano, né? - Ele estava sorridente.
- Sim.
- Ansiosa?
- Um pouco.
- E você já... - O interrompi.
- Ai, Rogério, não quero conversaragora!
Ele rapidamente chegou à escola e parou na frente da entrada. Ele abriu a porta para eu sair e logo vi que todos os olhares estavam voltados para mim. Ah, adoro holofotes!

#CAPÍTULO 1 — O novato.

Entrei quase desfilando ao encontro do meu bebê lindo.
- Felipinho, meu tchutchuco, senti saudades de você! - Falei, tascando-lhe um tremendo beijo.
- Ow, amoreco, também senti suafalta, meu diamantezinho!
Alguns olhares de inveja nos cercavam e eu me sentia mais poderosa ainda. Felipe fazia o terceiro ano pela segunda vez e tinha 18 anos, carro esporte conversível e tudo o que tem direito! O sinal tocou; despedimos-nos com um beijo bem indiscreto e fomos para nossas respectivas salas.
Credo, como aquela professora de português tinhas unhas mal-feitas! Já as minhas eramsempre impecáveis. Depois de uns dez minutos aproximadamente, a funcionária do colégio, a Tia Socorro, chamou a professora até a porta. Parece que havia um aluno novo querendo entrar na sala. Oba, mais uma alma viva a sofrer em minhas mãos. A professora Marcelle foi trazendo o aluno novo à frente da classe e o apresentou.
- Pessoal, esse aqui é o Eduardo Surita, - Que merda de sobrenome é esse?Controlei a vontade de rir. - ele veio do interior de São Paulo e - Pera, INTERIOR? Brother, comecei a gargalhar na sala. - vai estudar conosco esse a... Algum problema, senhorita Morais? Por que está rindo à toa?
- Eu? Rindo à toa? Qual é gente, ele é do interior! Nunca vai se encaixar aqui. - O garoto baixou a cabeça.
- Senhorita Morais, acho que você está bastante equivocada. Acho que quem não...
tracking img