Terrorismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1659 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Nome: Rui Pedro Cardoso Santos
Ano/Turma: 10ºA
Ciências e Tecnologia
Disciplina: Filosofia
Professora: Liliana Estima
Data de realização: 13/04/2013

Índice

Índice …………………………………………………….1
Introdução ……………………………………………….2
Acerca do Terrorismo ……………………………………3
Contra Terrorismo ……………………………………….4
Tipos de Terrorismo ……………………………………..5
……………………………………..6
Discussão ………………………………………………...7…………………………………………………8
Conclusão ………………………………………………...9
Bibliografia/Netgrafia ………………………………….10

1

Introdução

Este trabalho, tem como principal objetivo reconhecer o terrorismo como
um problema do mundo atual, da sociedade em que vivemos.
Como tal, pretendo apresentar uma explicação deste conceito e para que
possamos perceber quais as suas causas, origens e possíveis consequências.Apresentarei portanto os diferentes tipos de terrorismo, os nomes de
algumas organizações terroristas (bem como de atentados).
Também procurarei responder a certas perguntas como “Será que o
terrorismo é algo recente ou já existiram exemplos no passado?”, “O que
levará os grupos ou as associações a cometerem atos terroristas?”, “E se as
medidas contra terroristas assentarem essencialmente naideia do
desencadeamento de uma guerra?”, “Será que todos os meios justificam os
fins?”.

2

Acerca do Terrorismo

Literalmente, Terrorismo, significa “sistema ou regime baseado no terror, ou
seja, no impacto psicológico negativo provocado por atos de violência.”
Mas serão terroristas aqueles que organizam um motim? Deste modo
estabelecem-se mudanças à definição literária. Hoje em dia,considera-se
terrorismo, “os atos de violência cujos objetivos por detrás deles têm
motivações políticas, ideológicas ou religiosas”, isto distingue então o
terrorismo da criminalidade comum, de uma organização mafiosa ou
simplesmente de hooligans no futebol.
Por outro lado é ainda necessário considerar quais os alvos preferenciais do
terrorismo, dado que a maioria defende que quando os alvossão militares
trata-se de uma ação legitima de combate ou guerrilha. Assim sendo, diz-se
ainda que o terrorismo é “o exercício contra alvos civis, ou não combatentes”,
distinguindo o terrorismo da guerra convencional.
A definição sugerida pela ONU (Organização das Nações Unidas) é: “o
terrorismo é um tipo de violência política que visa atingir civis (não
combatentes) de forma destrutiva, sendoque raramente constitui uma
violência descuidada. Reflete portanto uma estratégia minuciosa que usa a
violência para fazer as pessoas sentirem-se fracas e vulneráveis (…) Este modo
destrutivo é depois utilizado na promoção de objetivos políticos concretos.
Apesar de alguns desses objetivos possam ser considerados louváveis, a sua
qualidade moral tende a ser anulada pelos meios usados, peloque o terrorismo
deve ser desencorajado.
No entanto não podemos empregar as várias definições existentes, pelo que se
torna muito importante a criação de uma definição de terrorismo mais
cuidadosa (que não tenha consequência desastrosas) e que seja aceite pela
comunidade internacional de forma a reduzir as tensões e resolver as crises
internacionais.
O terrorismo tem sido um dos temas maisdiscutidos na nossa sociedade. Os
atentados de 11 de Setembro de 2001 às Torres Gémeas em Nova Iorque, e ao
Pentágono, em Washington são dos acontecimentos mais marcantes e
horríveis do nosso século.
O “terror” hoje em dia ganha uma dimensão incomparável a qual quer outro
período da História sobretudo pelos desafios que coloca à economia global.

3

Contra Terrorismo

O contraterrorismo é um conjunto de práticas, táticas e estratégias que
governos, militares e outros grupos adotam param se defenderem do
terrorismo. São ações planeadas para o combate das atividades terroristas.
Atualmente a prevenção e o combate á lavagens de dinheiro têm sido
integradas a essas estratégicas.
Para este combate ao terrorismo são usadas forças especiais, armadas e
técnicas. No entanto,...
tracking img