Termalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (631 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
MÉTODO HALLIWICK



HALLIWICK
“Desenvolvido por James McMillan em 1949, na Halliwick escola para garotas, em Londres com a proposta inicial de auxiliar pessoas com problemas físicos a setornarem mais independentes para nadar” .

FILOSOFIA
 Ensinar: "felicidade de se estar na água"; a final todo mundo é um nadador.

 Dar ênfase na habilidade não na deficiência
 Dar ênfase noprazer, colocando atividades em forma de jogos  Trabalhar em grupo, de forma que os nadadores se encorajem uns aos outro

Fundamentos Básicos
Porquê flutuadores não são utilizados???  Flutuadoresmantêm face fora d’água – controle respiratório não é dominado.  Flutuador inibe a aprendizagem e execução de algumas atividades: submergir, rolar, controle de equilíbrio.  Flutuador não corrigeassimetria.  Leva à um falso senso de segurança e dependência excessiva

 Flutuador pode ser perigoso, como, por exemplo, escorregar.  Pessoas que dependem de aparelhos em terra, experimentamliberdade na água.
 Flutuador não é adaptável quanto o terapeuta: - Apoio de acordo com necessidades - Variação de apoio - Apoio pode variar durante atividade

Bases do Método
Princípios metacêntricos Xpadrões rotacionais geram: - Equilíbrio postural; - Controle da cabeça e pescoço; - Aquisição de movimentos globais; - Comportamento pessoal e auto-estima.

PROGRAMA DOS 10 PONTOS DO HALLIWICK
         Ajustamento mental Desprendimento Rotação vertical Rotação Lateral Rotação combinada Inversão mental (Empuxo) Equilíbrio Deslizamento turbulento Progressão simples Braçada básica PROGRAMA DE DEZ PONTOS
1- Ajuste ou Adaptação Mental:

Envolve o reconhecimento de duas forças atuando sobre o corpo na água: GRAVIDADE E EMPUXO. A combinação dessas forças levam ao movimentorotacional. Sequência: 1°) acostumar-se com o ambiente, através da “posição de cubo”; 2°) Estabilizar os tempos inspiratórios e expiratórios; 3°) Desprendimento ou de desencaixe (independência do...
tracking img