Termalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5201 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
-------------------------------------------------
ESCOLA PROFISSIONAL DE CHAVES
Técnico de Termalismo
RELATÓRIO FINAL
-------------------------------------------------
Prova de Aptidão Profissional
Ana Patrícia Macedo Couto David
Nº 2170
Chaves 2011/2012
SUMÁRIO
Introdução 3
1 - História da Hidrocinesioterapia 4
1.1- Antecedentes históricos 5
2 - Hidrocinesioterapia naslombalgias 7
2.1-Sintomas 12
2.2- Indicações e Contraindicações 12
2.3- Objetivos da Hidrocinesioterapia 14
3 - Tratamentos da hidrocinesioterapia nas lombalgias 15
4 - Efeitos da água sobre o paciente 28
5 - Principios fisicos e termodinâmicos da água 29
6 - Como a água pode reduzir a sensibilidade à dor e espasmos musculares. 32
Considerações Finais 33
Bibliografia 34
ANEXO A– Procedimento para a flexão e extensão da coluna 35
ANEXO B – Parte prática 39




Introdução
A Hidrocinesioterapia é o termo mais conhecido nos dias hoje para os exercícios terapêuticos realizados em piscina de água hipertermal. Tem como finalidade a prevenção e cura de várias patologias. Atualmente tem sido mais procurada para umas das patologias mais incidentes na nossapopulação, as lombalgias. Esta técnica tem como objetivos aumentar a força muscular, diminuir a dor e espasmos musculares, melhorar o condicionamento físico, os equilíbrios, a marcha e a coordenação motora. A prática da Hidrocinesioterapia em aulas, deu-me a vontade de querer aprofundar os meus conhecimentos desta técnica. Na parte prática da PAP vou elaborar um vídeo que demonstra o tratamento empiscina.

História da Hidrocinesioterapia

A Hidrocinesioterapia possui uma longa história, e é tão importante atualmente como foi no passado. A palavra Hidrocinesioterapia é derivada de palavras gregas, hydor (água) e terapia (cura). Behrend, em 1960, acreditou que o uso da Hidrocinesioterapia se iniciou antes de todas as outras modalidades utilizadas da fisiatria. Novos conhecimentos arespeito da fisiologia, da Hidrocinesioterapia e novas técnicas utilizando padrões de movimentos adaptados á água e exercícios aquáticos mais específicos estão assegurando a aceitação crescente da Hidrocinesioterapia, como um meio de reabilitação com os seus próprios méritos. Embora não haja nitidez de quando a água foi utilizada pela primeira vez com finalidades terapêuticas, há indícios que osorientais iniciaram esta prática aproximadamente no 2400 ano a.C. Sabe-se que Hipócrates (460-375 a.C.) empregava água quente e fria no tratamento de doenças. No Ocidente, os romanos utilizavam a água amplamente, com fins terapêuticos e recreacionais. Dispunham de balneários onde eram empregados quatro tipos de banhos a diferentes temperaturas: Frigidarium , o tepidarium, o caldarium e o sudatorium.Fig1. Histórico da Hidrocinesioterapia

A Europa foi percursora quanto à busca científica acerca dos efeitos terapêuticos da água. A primeira publicação sobre os efeitos de banhos terapêuticos foi assinada pelo médico inglês John Flayer, em 1697. Desde aí outros profissionaisdedicaram a sua atenção aos efeitos e indicações da Hidrocinesioterapia.

1.1- Antecedentes históricos
A maioria dos povos antigos respeitava as águas correntes, especialmente as fontes de águas puras. Os médicos japoneses, chineses, gregos e romanos faziam uso dos banhos antes da vinda de Cristo. O Homem Primitivo sugeriu o uso de banhos quentes para a redução da fadiga, promoção dacicatrização, das feridas e para o combate da depressão e melancolia. Os gregos estavam entre os primeiros a apreciar o relacionamento entre o bem-estar físico e mental. Desenvolveram centros próximos a nascentes dos rios, utilizando-os para banhos e recreações. Por volta de 500 a.C., ocorreu a transição do misticismo e culto para o tratamento físico. Os romanos com as suas habilidades de construção...
tracking img