Teoria na pratica narrativa juridica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4335 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
OPERADORES ARGUMENTATIVOS: GÊNERO JURÍDICO

Professora Valquiria Paladino

FONTE: PALADINO. Valquiria da Cunha (Org.) et al. Coesão e Coerência Textuais. 2.ªed. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 2011.

Assunto: Revisão de Narrativa Jurídica e Argumentação Jurídica

O objetivo desse artigo éanalisar a presença dos operadores argumentativos em um texto do gênero jurídico- Acórdão- Apelação Cível. Entre esses elementos, destacam-se o uso das conjunções como operadores argumentativos, objeto desse trabalho, fundamentado em Koch (2004), (FÁVERO, 2004) e Guimarães (1987).
Resumo dos principais tipos de operadores (KOCH ,2004): 
 
|Operador|Função |
|  |  |
| ‘mesmo’, ‘até’, ‘até mesmo’, ‘inclusive’ | Organizam a hierarquia dos elementos numa escala, |
| |assinalando o argumento mais forte para uma conclusão R; |
| |  |
| ‘ao menos’, ‘pelo menos’, ‘no mínimo’ | Introduzem dado argumento deixando subentendida a |
| |presença de uma escala com outros argumentos mais fortes;|
|  | |
| ‘portanto’, ‘logo’, ‘por conseguinte’, ‘pois’, | Introduzem uma conclusão relativa a argumentos |
|‘em decorrência’, ‘conseqüentemente’ |apresentados em enunciados anteriores; |
|  |  |
| ‘ou’, ‘ou então’,‘quer...quer’, ‘seja..seja’ | Introduzem argumentos alternativos que conduzem a |
| |conclusões diferentes ou opostas; |
|  |  |
| ‘mais que’, ‘menos que’, ‘tão...como’ | Estabelecem relações entre elementos,com vista a uma |
| |dada conclusão; |
|  |  |
| ‘porque’, ‘que’, ‘já que’, ‘pois’ | Introduzem uma justificativa ou explicação relativa ao|
||enunciado anterior; |
|  |  |
| ‘mas’, ‘porém’, ‘contudo’, ‘todavia’, ‘no | Contrapõem argumentos orientados para conclusões |
|entanto’, ‘embora’, ‘ainda que’, ‘posto que’, |contrárias; ||‘apesar de (que)’ | |
|  |  |
| ‘um pouco’ e ‘pouco’, ‘quase’ e ‘apenas’, ‘só’, | Distribuem-se em escalas opostas, isto é, um deles |
|‘somente’ |funcionanuma escala orientada para a afirmação total e o|
| |outro, numa escala orientada para a negação total; |
|  |  |
| ‘e’, ‘também’, ‘ainda’, ‘nem’ (= e não), ‘não | São argumentos que fazem parte de uma mesma classe |
|só...mas...
tracking img