Teoria estruturalista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 40 (9808 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CASO INTRODUTÓRIO

Infotec Eletrônica

Alexandre é um poeta. Seu sonho é comandar uma empresa ágil e criativa, capaz de enfrentar uma acirrada competição no mercado de eletrônica. Ele sabe que o velhos paradigmas organizacionais precisam ser rapidamente substituídos por novos modelos de redes de equipes internas altamente integradas e coesas. Sabe também que os velhos paradigmasculturais devem ser substituídos por uma mentalidade nova e aberta que transforme cada funcionário em um empreendedor interno e proprietário de sua atividade. Para conseguir isso, Alexandre se dispõe a tudo. Como presidente da Infotec Eletrônica, quer desenvolver um novo tipo de gestão para alavancar sua empresa com a ajuda das pessoas. O seu problema básico não é de tecnologia e nem de mercado: oseu problema é simplesmente de direção e de impulsão das pessoas.

A direção é o processo de guiar as atividades dos membros da organização nos rumos adequados. Esses rumos, naturalmente, são aqueles que levam ao alcance dos objetivos organizacionais e, de preferência, atendam também aos objetivos pessoais dos membros. A direção envolve a focalização nos membros organizacionais comopessoas e a abordagem de assuntos como moral, arbitragem de conflitos e o desenvolvimento de boas relações entre os indivíduos.

CONCEITO DE DIREÇÃO
A direção é a função administrativa que se refere ao relacionamento interpessoal do administrador com os seus subordinados. Para que o planejamento e a organização possam ser eficazes, eles precisam ser complementados pela orientação e apoio àspessoas, através de uma adequada comunicação, liderança e motivação. Para dirigir as pessoas, o administrador precisa saber comunicar, liderar e motivar. Enquanto as outras funções administrativas - planejamento, organização e controle - são impessoais, a direção constitui um processo interpessoal que determina as relações entre os indivíduos. A direção está relacionada diretamente com a atuaçãosobre as pessoas da organização. Por essa razão, constitui uma das mais complexas funções da administração. Alguns autores preferem substituir a palavra direção por liderança ou influenciação.
A direção é uma função administrativa que se distribui por todos os níveis hierárquicos da organização. No nível institucional, denomina-se direção; no nível intermediário, é chamada de gerência e,no nível operacional, recebe o nome de supervisão de primeira linha.
Assim, quando falamos de direção, queremos dizer que, no nível institucional, o presidente e os diretores dirigem pessoas; no nível intermediário, os gerentes dirigem pessoas e, no nível operacional, os supervisores dirigem pessoas, cada qual dentro de sua área de competência. Contudo, o processo é exatamente o mesmopara todos: lidar com as pessoas que lhes são subordinadas, através da comunicação, liderança e motivação.

DICAS

Conceitos de Direção
Dirigir é o processo de dirigir esforços coletivos para um propósito comum.
Dirigir é a terceira função administrativa que compõe o processo administrativo.
Dirigir é o processo de guiar as atividades dos membros da organização nos rumos desejados.Dirigir é a maneira pela qual os objetivos devem ser alcançados através da atividade das pessoas e da aplicação dos recursos organizacionais.
Dirigir significa interpretar os planos para as pessoas e dar as instruções e orientação sobre como executá-los e garantir o alcance dos objetivos.

Quadro 14.1 A direção nos três níveis da organização.
|Nível | || | |
|organizacional |Direção |Conteúdo |Tempo |Amplitude |
| | | | |Macroorientada. |
| | |Genérica |Direcionada |...
tracking img