Teoria dos sistemas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1264 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
ESCOLA DE ARTES, CIÊNCIAS E HUMANIDADE

Trabalho proposto pela disciplina de Introdução à Administração Para Computação
Orientado por Professor Dr. Fernando Coelho

Mário Januário Filho
5365372
Rodrigo Ferrassa
5364725

São Paulo, 2006

Introdução à Administração Para Computação

RESENHA DE UMA ABORDAGEM CONTEMPORÂNEA
Teoria dos Sistemas
A Teoria deSistemas (TS) é voltada para diversas áreas, mas principalmente a de
administração, é um ramo específico da Teoria Geral de Sistemas (TGS) (CHIAVENATO,
2000), surgida por volta de 1960 com os trabalhos do biólogo alemão Ludwig von
Bertalanffy. A obra de CHIAVENATO primeiramente procura dar uma introdução à essa
teoria aplicando diversos conceitos fundamentados pelo BERTALANFFY e por outrosautores e posteriormente aprofunda-se exemplificando e realizando uma apreciação
crítica do mesmo.
Primeiramente, o autor da obra descreve o conceito e origem da Teoria, descreve
também, para efeito de fundamentos, o conceito de Sistemas e o conceito de Sistema
Aberto para posteriormente realizar uma análise crítica.
A Teoria Geral de Sistemas não procura solucionar problemas, mas sim produzirteorias para aplicações reais. Seus fundamentos mais básicos listados são:


Existe uma tendência para a integração das ciências naturais e sociais;



Essa integração parece orientar-se rumo a uma teoria dos sistemas;



A teoria dos sistemas constitui o modo mais abrangente de estudar os campos
não-físicos do conhecimento científico, como as ciências sociais;



A teoria dossistemas desenvolve princípios unificadores que atravessam
verticalmente os universos particulares das diversas ciências envolvidas, visando
ao objetivo da unidade da ciência;



A teoria dos sistemas conduz a uma integração na educação científica.
O autor da teoria critica a divisão do conhecimento em diferentes áreas, pois

segundo o mesmo, a natureza não está dividida em nenhuma dessaspartes somente. A
TGS afirma que se deve estudar os sistemas globalmente como um todo.
A TGS fundamenta-se em três premissas básicas:


Os sistemas existem dentro de sistemas. Cada um é constituído de subsistemas e,
ao mesmo tempo, faz parte de um sistema maior, o supra-sistema que ainda pode
se encontrar em um supra-sistema maior ainda, gerando um encadeamento
Introdução à AdministraçãoPara Computação

infinito;


Os sistemas são abertos. É uma decorrência do conceito anterior. Cada sistema
existe dentro de um meio ambiente constituído por outros sistemas;



As funções de um sistema dependem de sua estrutura. Cada sistema tem um
objetivo de intercâmbio com outros sistemas dentro do meio ambiente.
A TS acabou se desenvolvendo na ciência administrativa pelasseguintes razões:



A necessidade de uma síntese e integração das teorias que a precederam;



A cibernética permitiu o desenvolvimento de suas idéias;



Os resultados bem-sucedidos da aplicação da TS nas demais ciências.
Para que a teoria seja entendida, o autor da obra permite que possamos analisar

também o conceito de Sistemas que proporciona uma visão compreensiva de coisascomplexas bem configuradas, denotando um conjunto de elementos interdependentes ou
um grupo que forma um todo organizado que possui características próprias que não são
encontradas em nenhum dos elementos isolados. A análise sistêmica das organizações
permite indicar as propriedades gerais e particulares das organizações que não podem
ser analisadas pelos métodos comuns de análise científica. Ossistemas apresentam
características próprias. O autor cita a definição de sistema por BERTALANFFY como
sendo um conjunto de unidades reciprocamente relacionadas tendo dois conceitos: o de
propósito - que afirma que todo sistema assim como seus elementos possuem um
objetivo - ou de globalismo – que afirma que todo o sistema tem uma natureza orgânica,
ou seja, se uma alteração for feita em...
tracking img