Teoria do do

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1720 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
  DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL
 
Sumário    
Introdução
1. Origens do D.O.
2. O que é o D.O.
3. As Mudanças e a Organização
4. O Processo e os Modelos de D.O.
5. Análise Crítica do D.O.
6. Considerações Finais
Introdução    
Na década de 60, cientistas sociais dos Estados Unidos desenvolveram um trabalho que enfatizava o desenvolvimento planejado das organizações.Diversos aspectos da época, em especial as grandes mudanças que estavam ocorrendo, constituíram base para o surgimento do Desenvolvimento Organizacional – D.O.
O D.O. não é uma teoria administrativa, mas um intenso movimento de caráter prático e operacional para aplicar a Teoria Comportamental a caminho da Abordagem Sistêmica.
Os maiores vultos deste movimento foram: Leland Bradford, E.H.Shein, Warren G. Bennis, P. R. Lawrence, J. W. Lorcsh e Richard Beckhard. 
 
1. Origens do D.O.
O D.O. surgiu em 1962 com um complexo conjunto de idéias, de diversos autores, sobre o homem, a organização e o ambiente.
As principais origens do D.O. foram:
o dificuldade em operacionalizar os conceitos das diversas teorias organizacionais;
o oaprofundamento dos estudos motivacionais e sua interferência na dinâmica organizacional;
o criação do N.T.L. (National Training Laboratory) de Bethel, em 1947, com as primeiras pesquisas de laboratório sobre comportamento de grupo, com destaque ao treinamento da sensitividade (Training Group e Learning Group);
o publicação do livro T – Group Theory and Laboratory Methods, considerado o precursor domovimento do D.O.;
o aumento e diversidade de transformações no cenário mundial da época;
o integração, através de um tratamento sistêmico, dos aspectos estruturais e comportamentais;
o iniciando ao nível de conflitos interpessoais, o D.O.passou à Administração Pública e, posteriormente, a todos os tipos de organizações humanas;
oos modelos de D.O. consideraram: o meio ambiente, a organização, o grupo social e o indivíduo.
  




2. O que é o D.O.
"O D.O. é uma resposta da organização às mudanças. É um esforço educacional muito complexo, destinado a mudar atitudes, valores, comportamentos e a estrutura da organização, de tal maneira que esta possa se adaptar melhor às novas conjunturas, mercados, tecnologias,problemas e desafios que estão surgindo em uma crescente progressão."
Os vários autores do D. O. apresentavam idéias e abordagens diversificadas, no entanto, trabalhavam pressupostos básicos, tais como:
o constante e rápida mutação do ambiente;
o necessidade de contínua adaptação;
o interação entre organização e ambiente;o interação entre indivíduo e organização;
o objetivos individuais e objetivos organizacionais;
o mudança organizacional planejada;
o necessidade de participação e comprometimento;
o incremento da eficácia organizacional e do bem estar da organização;
o variedade de modelos eestratégias de D.O.;
o o D.O. como resposta às mudanças;
o a melhoria da qualidade de vida é um dos objetivos essenciais das organizações;
o as organizações como sistemas abertos;
 
O D.O. pode ser aplicado em processos de mudança organizacional, desde que apoiado por pessoas em posição estratégica na empresa. Dentre asprincipais situações, pode-se ressaltar a necessidade de mudar estratégias administrativas, cultura organizacional ou estrutura e posições, a necessidade de melhorar a colaboração intergrupal, o sistema de comunicações, o planejamento, a motivação da equipe de trabalho e enfrentar problemas de fusão ou adaptação a um novo ambiente.
   
3. As Mudanças e a Organização
 
O conceito de D.O. está...
tracking img