Teoria das elites

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (267 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TEORIA DAS ELITES – MOSCA, PARETO e ROBERT MICHELS

GAETANO MOSCA
 “Organização” é o fator
principal para a formação de
uma minoria detentora do
poder.
 Pois, ao ser organizada, elaatinge condições de dominar a
maioria desorganizada.
 Relação entre Teoria da Minoria
Organizada com a Classe
Dirigente, que domina a classe
inferior.
 Os indivíduos participantesda
Classe
Dirigente
possuem
qualidades, de origem material,
intelectual e até moral.
 Essas qualidades levam os
indivíduos talentosos ao poder.

VILFREDO PARETO

ROBERT MICHELS Análise dos indivíduos,
mostrando que todos os
homens são desiguais diante
de
suas
atividades,
permitindo selecioná-los em
diversos níveis.

 Análise mais democrática
sobre asociedade.

 Níveis que vão do inferior ao
superior.

 A “organização” conduz ao
poder, pois é a fonte de onde
nasce a dominação, deixando
de ser um meio para torna-se
um fim.

“Equilíbrio Social” permite
um movimento de pessoas
nesses diferentes níveis, ou
seja, entre as diferentes
elites.
 Processo esse denominado
“Circulação das Elites”.
 A população pode serdivida
de duas maneiras. Inferior:
não-elite, e Superior: elite
governante e a elite nãogovernante.

 Assim como Mosca, Michels
cita a grande importância
para da “organização”.

Na
democracia
ativa,
visualizamos um ciclo, pois a
organização,
gera
burocratização, e origina em
uma oligarquia.
 “Quem diz organização, diz
oligarquia.”

 Os indivíduos daclasse
superior, a elite governante,
são pessoas de qualidades,
assim como as qualidades
defendidas por Mosca.
 Essas
qualidades
possibilitam a dominação da
não-elite (classe inferior). A não-elite deve ser mantida
sem liderança, sem talento, e
desorganizada.
Em comum a todos os autores, é o

fato de que as civilizações,

regimes, elites, são aristocráticas....
tracking img