Teoria da contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1131 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERP

TEORIA DA CONTABILIDADE

CAMPO GRANDE
2010

TEORIA DA CONTABILIDADE

Trabalho apresentado ao Curso de Administração da Universidade Anhanguera-Uniderp, pólo Mace, como requisito parcial para aprovação na disciplina de Teoria da Contabilidade.

CAMPO GRANDE
2010

Empresas do ramo de seguros:
Mapfre Vera Cruz Seguradora S.A.
BrasilveículosCompanhia de Seguros (BBSeguros) .

a) Balanço patrimonial
O balanço patrimonial das demonstrações financeiras relativas aos semestres findos em 30 de junho 2009 e 2008 da Mapfre. Está de acordo com a lei 11.638/07 e com a lei 22.941/09 nos seguintes itens: no balanço constam nas contas do Ativo: o Ativo circulante e o Ativo não circulante. Sendo que, no Ativo não circulante consta o Ativorealizável a longo prazo. No entanto, o balanço diverge desta legislação porque manteve o item permanente dentro da conta do Ativo. Os itens: Investimentos, Imobilizado e Intangível estão inclusos no Permanente.
A empresa está de acordo com a lei 11.941/09 que extinguiu o subgrupo Deferido na conta do Ativo.
De acordo com o parecer dos auditores independentes, a Seguradora registra as suas operações eelabora as suas demonstrações financeiras com observância das diretrizes contábeis. Mas, faz a ressalva do item Complementar de Prêmios mencionados no parágrafo 3, por não representar adequadamente, a posição patrimonial e financeira da empresa.
O balanço patrimonial referente aos semestres findos em 30 de junho de 2010 e 2009 da Brasilveículos. A BBSeguros está de acordo com a lei 11.638/07 e coma lei 22.941/09 nos seguintes itens: no balanço constam nas contas do Ativo: o Ativo circulante e o Ativo não circulante. Neste último, constam o Ativo realizável a longo prazo, Investimentos, Imobilizado e Intangível. No entanto após a lei 11.941/09 ficou extinto o subgrupo Deferido que tinha a finalidade de contabilizar as despesas iniciais na implantação das empresas, e diluir em exercíciosposteriores, os gastos necessários nas suas reorganizações. Todavia, a BBSeguros manteve o subgrupo Deferido em seu balanço patrimonial.
Quanto as contas do Passivo, no BBSeguros contém Passivo Circulante, Passivo não circulante e patrimônio líquido. Neste último constam os subgrupos: Capital social, reservas de capital, ajustes de avaliação patrimonial, reservas de lucros e lucros acumulados.Segundo o parecer dos auditores independentes as demonstrações contábeis representaram adequadamente a posição patrimonial e financeira da Brasilveículos Companhia de Seguros. Porém, conforme nota explicativa, a Administração da Companhia apresentou suas demonstrações contábeis intermediárias, utilizando as normas adotadas até 31 de dezembro de 2009, ou seja, não aplicou as CPC – Comitê dePronunciamentos Contábeis, com vigência para 2010.

b) DFC´s
Na elaboração das demonstrações financeiras do exercício de 2008, a Seguradora Mapfre adotou, pela primeira vez, as alterações na legislação societária introduzidas pela Lei n°11.638/07 por meio da Circular SUSEP nº 379/08. Em atendimento a esta legislação, os seguintes ajustes foram efetuados: i) substituição da DOAR - Demonstração dasOrigens e Aplicações dos Recursos pela DFC - Demonstração do Fluxo de Caixa e ii) reclassificação dos itens componentes do ativo diferido para o ativo intangível. As demais mudanças introduzidas pela referida Circular não geraram efeitos significativos. A Demonstração de Fluxo de Caixa (DFC), cuja divulgação tornou-se obrigatória pela Lei n° 11.638/07 por meio da Circular SUSEP nº 379/08, foielaborada pelo método direto e sem a apresentação da conciliação entre o lucro líquido e o fluxo de caixa líquido das atividades operacionais, conforme modelo estabelecido pela Circular SUSEP nº 379/08. Para efeitos comparativos, os saldos de 30 de junho 2008 foram reclassificados do Ativo Diferido para o Ativo Intangível, conforme demonstrado.
Na BBSeguros as demonstrações de fluxo de caixa também...
tracking img