Fordismo e taylorismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2093 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Isolamento social e as tecnologias
Victor de Azevedo Nunes Departamento de Ciência da Computação – Universidade Federal da Bahia (UFBA) – Salvador, BA - Brasil
victorazv@dcc.ufba.br

Abstract.. This article raises ethical issues related to the issue of social
isolation caused by too much use of technology. We will see opposing views on the subject, so we can create a personal conclusion onthis controversial topic that is on the rise.

Resumo. Este artigo levanta questões éticas relacionadas à questão do
isolamento social causado pelo demasiado uso das tecnologias. Veremos opostos pontos de vista sobre o assunto, para podermos criar uma conclusão pessoal sobre este polêmico tema que está em alta.

1. Introdução
O isolamento social não é um problema recente. Este, já existe háum longo tempo, porém com o invenção do computador, celular e outros objetos eletrônicos, este problema sem dúvidas foi acentuado. Estudiosos dizem que causa problemas, outros dizem que não. Veremos o que duas pesquisas com pontos de vista opostos no dizem:

2. Visão positiva

Estudo da Pew Internet & American Life Project divulgado nesta semana nos Estados Unidos concluiu que pessoas que usama internet e têm um telefone celular têm uma maior e mais extensa gama de amigos. O "tamanho" desses grupos de amigos, ou seja, uma medida dos laços sociais mais importantes - diminuiu em cerca de 30% nos últimos 24 anos, mas isso não tem conexão com o uso de celulares ou internet. Isso porque o uso desses serviços na verdade faz com que as pessoas estejam mais conectadas entre si e mais abertas àcomunicação. Dados da Pew Internet revelam que pessoas que compartilham fotos online estão mais propensas a discutir política com pessoas de outros partidos, e que blogueiros são 72% mais inclinados a participar de uma associação voluntária local.

"Ao contrário do argumento de que o uso da internet limita a participação das pessoas em comunidades, instituições ou espaços locais, nossasdescobertas mostram que a maioria das atividades na internet estão associadas a um alto nível de atividades locais",

afirmaram os pesquisadores Keith Hampton, Lauren Sessions, Eun Ja Her e Lee Rainie em entrevista ao site TG Daily. Apesar de supostamente ter sido uma realidade há três anos, hoje o estudo da ASA perde força. "Quando examinamos a rede social completa das pessoas - seus laços fortes efracos - o uso de internet em geral e a participação em serviços de redes sociais estão associadas com uma rede social mais diversa", reporta o relatório da Pew Internet. Hampton, que é professor da Universidade da Pensilvânia, diz que um dos objetivos do estudo era justamente rebater as conclusões do estudo da ASA. Os novos resultados mostram que a quantidade de americanos que podem ser descritoscomo socialmente isolados - aqueles que não têm alguém para discutir assuntos considerados importantes em sua vida - não mostrou alteração desde 1985, permanecendo em 6%. Foi constatado ainda que as redes de discussão são 12% maiores entre usuários de celulares, 9% maiores para aqueles que compartilham fotos online, e 9% maiores para os que usam mensagens instantâneas. A diversidade das pessoas donúcleo de relacionamento também tende a ser maior para os usuários das novas tecnologias. A variedade de indivíduos é 25% maior para os usuários de celulares, 15% maior para usuários de internet, e ainda maior para os que usam mensagens instantâneas e compartilham fotos digitais online. Em um ano normal, os americanos têm, em média, contatos pessoais com indivíduos de relacionamento mais próximo(família e amigos) em aproximadamente 210 dias; contatos via celular em 195 dias e via telefone fixo em 125 dias. As mensagens de texto são usadas em 125 dias do ano, enquanto os sites de redes sociais são usados em 39 dias. O menor número é o de contatos via cartas, apenas oito dias. A conclusão é de que, embora as pessoas passem cada vez mais tempo em frente às telas de computador, isto não...
tracking img