Teologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1371 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1- O que é misticismo? O que significa ser uma pessoa mística?
Misticismo (do grego mystikos, "um iniciado em uma religião de mistérios") é a busca da comunhão com uma derradeira realidade, divindade, verdade espiritual ou Deus através da experiência direta ou intuitiva.
Por definição natural, misticismo é a prática, estudo e aplicação das leis que unem o homem à Natureza e a Deus.Desta forma, a mística se distingue da religião por referir-se à experiência direta e pessoal, com a divindade, com o transcendente, sem a necessidade de intermediários, dogmas ou de uma teologia.
Citando o livro "O Mundo de Sofia", quando fala sobre misticismo:
"Uma experiência mística significa experimentar a sensação de fundir sua alma com Deus. É que o "eu" que conhecemos não énosso "eu" verdadeiro e os místicos procuravam conhecer um "eu" maior que pode possuir várias denominações: Deus, espírito cósmico, universo, etc. No entanto, para chegar a esse estado de plenitude, é preciso passar por um caminho de purificação e iluminação através de uma vida simples. Encontram-se tendências místicas na maioria das religiões do mundo. Na mística ocidental(judaísmo,cristianismo e islamismo), o místico diz que seu encontro é com um Deus pessoal. Na oriental (hinduísmo, budismo e religiões tradicionais chinesas), o que se afirma é que há uma fusão total com Deus, que é o espírito cósmico. É importante notar que essas correntes místicas já existiam muito antes de Platão e que pessoas de nossa época têm relatado experiências místicas como uma forma de experimentar o mundo soba perspectiva da eternidade." (O Mundo de Sofia).
"O místico é aquele que aspira a uma união pessoal ou a unidade com o Absoluto, que ele pode chamar de Deus, Cósmico, Mente Universal, Ser Supremo etc. 
O alemão Karl Rhner, um dos mais importantes teólogos do século XX, entende “um místico” como alguém que não apenas “ouviu falar” de Deus ou leu a seu respeito em algum lugar, mas oexperienciou, e o percebe, vivenciando-o. Ele proferiu a famosa frase: “O cristão do futuro será um místico, ou não existirá mais”.


2- O que é hierofonia? Descreva a hierofonia narrada no texto: A experiência religiosa e a institucionalização da religião. Explique os elementos humanos e naturais dessas duas hierofonias.
Hierofania (do grego hieros = sagrado e faneia = manifesto)pode ser definido como o ato de manifestação do sagrado.
O termo foi cunhado por Mircea Eliade em seu tratado sobre a história das religiões para se referir a uma consciência fundamentada da existência do sagrado, quando se manifesta através dos objetos habituais de nosso cosmos como algo completamente oposto do mundo profano.


3- O que são os movimentos messiânicos? Dê exemplo.Movimento messiânico ou messianismo é o movimento individual ou coletivo que acredita no surgimento de um enviado de Deus que trará aos homens justiça, paz, felicidade..., reorganizando a sociedade.
Por ocasião de crises econômicas, políticas, sociais, morais, é normal que surjam homens e mulheres anunciando a chegada de novos tempos e do castigo de Deus para os pecadores.
Astendências messiânicas são visíveis em certos fenômenos nacionais, como o Sebastianismo em Portugal ou o Ciclo Arturiano com origem na Bretanha.
O Brasil não foge à regra, e assistiu, no decorrer de sua história, ao surgimento desses líderes.
Na história do Brasil, o messianismo é representado por movimentos sociais nos quais milhares de sertanejos fundaram comunidades comandadas porum líder religioso. Seguem alguns desses movimentos:

- Borboletas Azuis: Fundado em Campina Grande, na Paraíba, pelo empresário Roldão Mangueira de Figueiredo, os Borboletas Azuis passaram a se identificar com os atos messiânicos em 1977, ano em que se apresentaram vestidos de um timão azul e branco impecável.


- Caldeirão de Santa Cruz do Deserto: Surgiu no Crato, interior do Ceará, sob...
tracking img