Teologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1847 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho de Missão Integral da Igreja
Aluno: Francisco Tadeu Tedesco Junior
Assunto: Resumo do Cap. 5 – Tarefas e Modelos pastorais contextualizados e relevantes.

Tópico 1 – Tarefas e Modelos Pastorais
Introdução

Deus nos escolheu antes da fundação do mundo para fazermos, aqui e agora, os dons atos que planejou para que fizéssemos. A fé viva com certeza explode em algum lugar,através de atos de bondade e frutos que glorificam o seu nome.
Segundo Tiago, a verdadeira fé não fica escondida, ela se manifesta, dá frutos, é solidária. Segundo ele, não podemos ser salvos e não produzirmos boas obras ou bons frutos.

A Questão da Violência

O Brasil já esteve no quinto lugar como o país mais violento do planeta – 43 mil homicídios em 2001. A ONU classifica umpaís como em situação de guerra quando este alcança a taxa de 15 mil homicídios ao ano. Já ultrapassamos em números há bastante tempo; estamos na marca de 117 homicídios/dia.
O crime tem sido o vencedor da batalha contra a política: marginais fortemente armados contra uma milícia limitada, mal preparada e usando armamentos ultrapassados. Os cidadões se tornaram prisioneiros em suasresidências, que foram transformadas em verdadeiras fortalezas: cães ferozes, cerca elétrica alarmes sofisticados, segurança 24 hs.

Os Desafios Urbanos

Em 1800, só 3% da população mundial viviam em áreas urbanas. No ano de 2000, 50% no caso do Brasil, há meio século 70% da população morava no campo. Hoje 70% moram na cidade.
Conforme o censo de 1991, a taxa de urbanização médio no Brasilé de 75%. Para o ano de 2000 estava ao redor de 80%. A população urbana no Brasil em 1960 era 35 milhões. Pelo censo de 1991 temos cerca de 110 milhões de cidadão brasileiros habitando nossas cidades.
Quando a Bíblia fala da cidade, via regra, usa conceitos de valores e revela uma postura em relação à mesma. Desde a crítica vinda do campo e da periferia (Gn 11:1-7; Mt 23:33-38; Mt 11:20-24)e também de dentro da cidade (Sl 1:21-26) até a utopia de Deus (Sl 6:17-2; Ap 21:1-8), passando pela tentativa de salvara cidade (Gn 18: 16-33; Lc19:41-48).
Oliven cita Weber ao dizer que a cidade condição do capitalismo à medida que é necessária para existência do mesmo. Mais tarde, o desenvolvimento do capitalismo intensifica o crescimento das cidades.
Simmel definiu a cidade comum “núcleo relativamente grande, denso e permanente formado por indivíduos socialmente heterogêneos!”. Já para Comblin, a cidade é a comunidade de pessoas, ideias, religiões, culturas, modos de viver, profissões, atividades de projetos, partidos e grupos.
Bobsin explica que a igreja pode usufruir de sua autoridade e responsabilidade de formar uma educação social em prol de sua integraçãoatravés do evangelho e pelo trabalho.






Tópico 2 – A Solução Passa pela Estrada da Pastoral

Não podemos ser simplistas a ponto de achar que o crente esta imune a situações de roubo, sequestro, morte etc..., nem fatalistas e inconsequentes, crendo que uma pessoa foi sequestrada, roubada e violentada por ser essa a vontade de Deus.

Responsabilidades da Pastoral ProtestanteArticular Programas

Primeiro, devemos estar cientes que os problemas da sociedade são, na sua maioria, resultados de políticas opressoras e escravizadoras, impostas por governos que não levam em conta o indivíduo nem presam as famílias.
A comunidade evangélica, com raríssimas exceções, esta alimentada, com as portas trancadas. Quando analisamos a proposta evangélica para aatualidade, nos assustamos.

Pastoral Comunitária

Precisamos desenvolver uma Pastoral Comunitária, pois os pastores e os líderes cristãos se tornaram gerentes e executivos de igrejas, se esquecendo de sua função principal.

Pastoral de Renúncia

Pensemos na vida e no ministério de Jesus. Diferentemente dos religiosos de sua época, ele não se conformou com os moldes da religião...
tracking img