Teologia e meio ambiete

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1275 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ

JERITZA DE FREITAS QUIXADÁ








QUAL A VISÃO DE ECOLOGIA DENTRO DO CRISTIANISMO: UMA PERCEPÇÃO RENOVADA.





















FORTALEZA – CEARÁ
2011
JERITZA DE FREITAS QUIXADÁ







QUAL A VISÃO DE ECOLOGIA DENTRO DO CRISTIANISMO: UMA PERCEPÇÃO RENOVADA.

Projeto de Pesquisaapresentado ao Curso de Especialização em Educação Ambiental do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Estadual do Ceará, como requisito parcial para a obtenção do título de especialista. Orientador:

FORTALEZA – CEARÁ
2011
SUMÁRIO

1. Introdução 04
2. Objetivos 05
3.1. Objetivos Gerais 05
3.2. Objetivos Específicos 05
3. Revisão da Literatura 06
4.Metodologia 08
4.1. Tipo de Estudo 08
4.2. Local e Período 08
4.3. Coleta de Dados 08
5. Referências Bibliográficas 09
6. Anexo..........................................................................................................10

















1.INTRODUÇÂO

A questão ecológica, uma preocupação sempre presente na agenda da humanidade, quevem ganhando cada vez mais destaque junto aos cristãos. Dentro da perspectiva cristão-reformada vê se os problemas ambientais como sendo fundamentalmente de origem histórica moral e espiritual enxergando que a solução passa pela transformação interior das pessoas, numa mudança de mentalidade com relação a Deus, ao próximo e à natureza. Em suma, é esse o apelo e o chamado do Evangelho nessaperspectiva.
Tendo confiança que usando a capacidade dada por Deus a humanidade será capaz de divisar soluções para os graves problemas ecológicos criados. O ponto de que desejo é ocupar-me com a contribuição do Cristianismo para a formação de uma consciência ecológica, particularmente dentro da proposta da fé reformada.
Levantado a vertente, para dizer que dentro da religião poderá haver umamudança de mentalidade nas pessoas em relação à natureza, acredito que a fé reformada do cristão provê os fundamentos epistemológicos, morais, espirituais e éticos para que possamos lutar pelo meio ambiente em prol do nosso planeta, fazendo ecologia de forma coerente e integral.
Fundamentando-se que o mundo foi criado bom. “E Deus viu que era bom” é o veredicto do Criador sobre a natureza. ACriação foi declarada boa não somente porque foi criada perfeita, mas porque era boa para o homem que foi feito para nela habitar. Nessa visão o cristianismo pode nos dar alguma esperança com relação a achar soluções para nossos problemas ambientais, considerando que Deus colocou o homem no mundo como mordomo, gerente, da criação como um todo, e lhe deu alguns mandatos como: cuidar da criação, protegê-lae preservá-la., dessa forma o homem, diante de Deus, é responsável pelo emprego correto dos recursos naturais e pela preservação das demais espécies.

2. OBJETIVO


2.1 Objetivo Geral


Analisar a percepção e atuação dos cristãos junto à ecologia dentro do cristianismo renovado, em comunidades que aplicam o evangelho como instrumento científico em Fortaleza-CE.

2.2Objetivo Especifico


Identificar a visão ecológica dos cristãos, independentemente de raça, cultura e religião, dentro do contexto bíblico de Deus que deliberou ao homem, cuidar e guardar o "Jardim do Éden” Gn 2.15, onde se tem muitas passagens com grande sublimidade poética, que visam transpor atitudes de respeito e admiração pelo mundo natural;

Explanar o grau de conscientizaçãodos cristãos dentro da responsabilidade ética para com o planeta, evidenciando o que fica explicito dentro das escrituras bíblicas.


3. REVISÃO DA LITERATURA

Segue um exemplo claro da harmonia e do desejo de Deus para que o homem dominasse e mantivesse a terra de forma que lhe desse o sustento, não abusando dos recursos naturais desequilibrando esta sem que possa mais fornecer a...
tracking img