Teletransporte

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1334 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de fevereiro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A sinistra verdade sobre os teletransportes
A tecnologia parece muito bonita na ficção, mas a realidade, como sempre, é bem mais complicada.
• Por Felipe Demartini
• 19 de Janeiro de 2012
• [pic]13.994 visualizações
[pic]
[pic]compartilhe este link [pic]
Quem nunca se pegou pensando no quanto seria bom se o teletransporte realmente existisse? Quando se está atrasado em meio aum trânsito caótico e parado ou naqueles momentos em que sentimos saudades de alguém que está longe, uma tecnologia desse tipo viria bem a calhar. Afinal de contas, quem não gostaria de viajar muitos quilômetros em poucos segundos e chegar ao outro lado sem cansaço?
A ideia do teletransporte é um dos pilares fundamentais da saga “Jornada nas Estrelas”. Utilizada pelos exploradores intergalácticosdo seriado para os mais diversos fins, a tecnologia gerou até mesmo um jargão clássico, o “Beam me up, Scotty”, proferido tantas vezes pelo Capitão Kirk.
Apesar de parecer uma ideia extremamente útil e maravilhosa, capaz de resolver os problemas de transporte e facilitar a vida da humanidade, a aplicação dela no mundo real é bem mais complexa. A ideia envolve ainda implicações tecnológicas,logísticas e, por que não, filosóficas.

Organismo não é tão simples quanto pensa

Vamos começar do princípio. O teletransporte não consiste apenas em transportar um corpo de um ponto a outro do espaço. Não se trata apenas de braços, pernas, cabeça e órgãos internos. Temos também milhares de microrganismos que não necessariamente fazem parte do nosso DNA, mas estão dentro do nosso corpo e auxiliamno funcionamento normal do organismo e em sua proteção. Ou não.
Estamos falando, por exemplo, da flora intestinal e outras bactérias que nos ajudam em nossa batalha diária por sobrevivência ou estão simplesmente repousando em nosso corpo. Além delas, outros milhões de microrganismos estão no ar a todo momento, flutuando calmamente por aí. Uma máquina de teletransporte, então, teria que lidar comtodas estas formas de vida diferentes ao mesmo tempo, e um cálculo errado poderia resultar em catástrofe.
[pic](Fonte da imagem: Divulgação / Fox)
É o caso, por exemplo, do filme “A Mosca”, no qual um cientista faz um experimento desse tipo e acaba fundido com um inseto, transformando-se em uma horrenda criatura. Tudo por um erro simples: a máquina não soube o que fazer com os dois organismos eos interpretou como um só. O resultado disso é um terror, literalmente.
Uma solução seria catalogar todos os tipos de bactérias que poderiam, de alguma forma, estar presentes no corpo, e diferenciá-las daquelas que estão apenas no ar. Algo que nem mesmo a ciência conseguiu até hoje...

Um zilhão de kilobytes!

Um dos princípios básicos do teletransporte é a transformação do indivíduo eminformação, que seria transferida para outro local e utilizada para recompô-lo. É preciso, então, de espaço para armazenar todos esses dados. E acredite, nenhum HD é grande o bastante para isso.
[pic]Data center do Facebook, nos EUA (Fonte da imagem: Tento Aprender)
Vamos supor que toda a informação contida em um único átomo do nosso corpo seja o suficiente para ocupar uma página inteira de umdocumento. Partindo dessa concepção, o total necessário para armazenar todos os dados do organismo seria de cerca de 909 milhões de gigabytes. Mais do que, por exemplo, o utilizado pelo Facebook para guardar todas as informações sobre seus usuários. E tudo isso ocupado por apenas um único indivíduo. Não vamos nem falar sobre o espaço físico e poder de refrigeração necessários para que tudo isso funcione.Chegamos então a mais uma questão prática. Por mais rápida que seja sua internet, com certeza você já ficou impaciente ao baixar um arquivo daqueles mais pesadões. Nem mesmo a conexão mais rápida do mundo seria capaz de transferir o volume de dados de uma pessoa instantaneamente, exigindo pelo menos algumas horas de espera. É claro que a tendência é que as velocidades de conexões aumentem,...
tracking img