Tecnico em radiologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4665 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CONTEUDO
Anatomia Radiográfica
Mão e punho, 118
Articulações da mão, 1 19
Ossos do carpo, 120
Revisão de anatomia com radiografias, 119, 121, 124 Antebraço - rádio e ulna, 122
Porção distal do úmero, 123
Classificação das articulações, 124
Articulações do punho e do cotovelo, 125 Movimentos do punho, antebraço e cotovelo, 126
Visualização dos coxins adiposos, 127
PosicionamentoRadiográfico Considerações gerais sobre posicionamento, 128
. Quadro de conversão para imobilizadores, 128 Modalidades ou procedimentos alternativos, 129 Indicações patológicas, 129
Sumário de indicações patológicas, 130 Informações de pesquisas, 131
Incidências básicas e especiais, 131
Dedos da mão:
. PA, 132
. PA oblíqua, 133
. Lateral, 134
Polegar:
. AP, 135
. PA oblíqua, 136
. Lateral, 737. AP (método de Robert), 138
Mão:
Posicionamento Radiográfico-continuação. Punho:
. PA (AP), 144
. PA oblíqua,145
. Lateral, 146
. Vistas do escafóide, PA
- Ângulo do Rc, flexão ulnar, 147
Método de Stecher modificado, 148
. Flexão radial, 149
. Túnel do carpo
ínfero-superior (método de Gaynor-Hart), 150
Ponte do carpo, 151
Antebraço:
. AP, 152
. Lateral, 153 Cotovelo:
AP
. PA,139
. PA oblíqua, 140
. Lateral Cem leque"), 141
. Lateral (em extensão e flexão), 142
. AP oblíqua bilateral (método de Norgaard), 143
- Extensão completa, 154
- Flexão parcial, 155
. AP oblíqua
- Rotação lateral (externa), 156
- Rotação medial (interna), 157
. Lateral, 158
. Flexão aguda (método de Jones), 159
. Axiais laterais para traumatismo (método de Coyle), 160 . Laterais dacabeça do rádio, 161
Úmero:
. AP, 162
. Rotação lateral, 163
. Lateral com feixe horizontal, 164
Porção proximal do úmero - Ver Ombro, Capo 5
Radiografias para crítica, 165
118- MEMBRO SUPERIOR
ANATOMIA RADILOLOGICA
Membro Superior (Extremidade)
Os ossos do membro superior podem ser divididos em quatro grupos
principais: (1) mão e punho, (2) antebraço, (3) úmero e (4) cintura escapular.
Ostrês primeiros grupos são discutidos neste capítulo. As importantes
articulações do punho e do cotovelo estão incluídas, mas a articulação
do ombro e a porção proximal do úmero são discutidas no Capo 5 com
a cintura escapular.
O formato e a estrutura de todos os ossos e as articulações do membro
superior precisa ser completamente compreendidos pelos radiologistas
para que cada parte sejaidentificada e demonstrada nas radiografias.
MÃO E PUNHO
Os 27 ossos de cada mão e punho dividem-se nos três grupos seguintes:
1. Falanges (dedos e polegar) 14
2. Metacarpos (palma) 5
3. Carpos (punho) _
TOTAL 27
Os ossos mais distais da mão são as falanges, que compreendem os dedos
(polegar e demais dedos). O segundo grupo de ossos são os metacarpos,
que compreendem a palma de cada mão. Oterceiro grupo de ossos, os
carpas, compreendem os ossos do punho.
Falanges - Dedos das Mãos e Polegar
O polegar e os demais dedos da mão são denominados dedos, e cada dedo
consiste em dois ou três pequenos ossos separados, chamados falanges.
Os dedos são numerados a partir do polegar como o número um (1), terminando
no dedo mínimo, número cinco (5).
Cada um dos quatro dedos (dedos dois,três, quatro e cinco) são compostos
de três falanges: a proximal, a média e a dista!. O polegar, ou primeiro dedo,
apresenta apenas duas falanges: a proximal e a dista!.
Cada falange consiste em três partes: uma cabeça circular distal, um corpo
(diáfise) e uma base alargada, semelhante àquela dos metacarpos.
Metacarpos (Palma)
O segundo grupo de ossos da mão, que constituem a palma, são os cincometacarpos. Esses ossos são numerados como os dedos, com o primeiro
metacarpo localizando-se no polegar, ou lateralmente, estando a mão em
posição anatômica.
Cada metacarpo é composto de três partes, semelhantes às falanges.
Distalmente, a porção arredondada é a cabeça. O corpo (diáfise) é a porção
longa curva, com a parte anterior tendo à forma côncava, e a posterior, ou
porção...
tracking img