Teclogia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2926 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Adriana Léo



Quality of Service (QoS) refere-se a capacidade de uma rede prover serviços diferenciados (com qualidade) a um deteminado tipo de tráfego, em várias tecnologias tais como: Frame Relay, Asynchronous Transfer Mode (ATM), Ethernet and 802.1 networks, SONET, e redes.







O conceito de Qualidade de Serviço serve para mensurar a qualidade dos serviços oferecidos poruma rede de comunicações; A qualidade de serviço da rede depende das necessidades da aplicação; A QoS envolve aspectos relacionados à própria percepção do usuário, aos requisitos das aplicações e aos recursos disponíveis no sistema, seja no equipamento do usuário ou na rede em si.



QoS tem relação ainda com questões organizacionais e administrativas, como segurança, privacidade,contabilidade, política de preços dos serviços, estabelecimento e monitoração de contratos de serviços e grau de disponibilidade da rede.



Há parâmetros que caracterizam as necessidades de cada fluxo:

◦ Vazão: a quantidade efetiva da informação transmitida pela fonte que chega ao destino; ◦ Latência ou atraso: tempo decorrido desde a geração de uma mensagem pelo emissor na extremidade de umaconexão até seu recebimento pelo receptor na outra extremidade;  Latência – tempo usado para equipamentos;  Atraso – mais usado para transmissão de dados. ◦ Jitter (ou flutuação do atraso): é a variação no tempo e na seqüência da entrega das informações devido à variação no atraso da rede ◦ Confiabilidade; ◦ Taxa de erros; ◦ Largura de banda.



As necessidades relativas a QoS variam de acordocom a natureza da aplicação



Superdimensionamento – Uma forma fácil de obter Qos, porém muito cara, onde se disponibiliza recursos muito além do necessário, como largura de banda, espaço em buffers e capacidade nos

roteadores.


Moldagem de tráfego – (Traffic Shaping) - Método que regula a taxa média de transmissão de dados, semelhante ao armazenamento em buffers, porém no lado dotransmissor. Este método ajuda a diminuir o congestionamento na rede, utilizando uma velocidade uniforme na transmissão.



Armazenamento em Buffers – Método que através de buffers no receptor, oferece uma melhora na flutuação, diminuindo-a sensivelmente, sem afetar a confiabilidade e a largura de banda, embora haja um aumento no retardo.



Algoritmo de balde furado – (Leaky Bucket) –Tipo de fila representada como se fosse um balde com um furo no fundo. A fila em si é o volume do balde. Independente de como cheguem dados na fila, com ou sem rajadas, a saída é sempre uniforme em vazão e latência, com jitter zero.



Algoritmo de balde de símbolos – (Token Bucket) – Semelhante ao leaky bucket, porem com a inserção de tokens a cada tempo “t”. Este método possibilita atransmissão de dados em rajadas.









Reserva de recursos – Através de uma rota prédefinida, reservam-se recursos, como banda, buffer e processamento, a fim de garantir a transmissão de determinado trafego de dados. Controle de admissão – Método que decide, com base na capacidade da rede, se um fluxo é admitido ou rejeitado, assim sendo transmitido ou descartado. Roteamentoproporcional – Processo que divide o tráfego por diversos caminhos diferentes. Programação de pacotes – Evita que, em redes com diversos fluxos, um destes obtenha recursos exagerados e deixe os demais sem condições de trafego (enfileiramento justo). Porém há outro método semelhante, mas que da prioridade a alguns fluxos, mas sem que os demais sejam esquecidos (enfileiramento justo ponderado).



Os pacotes são marcados de acordo com as aplicações Os roteadores são configurados para criar filas distintas para cada aplicação de acordo com as prioridades das mesmas



O controle de congestionamento pode ser dividido em dois grupos:

◦ open loop (OL) - parte do projeto das redes, onde as decisões de descarte e aceite de fluxos são feitos sem considerar o estado atual da rede e ele...
tracking img