Tcc1

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2431 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FORMAÇÃO DO EMBRIÃO COM DOIS FOLHETOS

Diferenciação do nó embrionário

O embrião com dois constitui o disco didermico ou bilaminar. Durante a segunda semana do desenvolvimento embrionário, nota-se a formação inicial dos dois primeiros folhetos embrionários e sua diferenciação através de um processo de maturação gradativo.

A diferenciação do epi – e do hipoblasto

Quando as células dohipoblasto passam a revestir totalmente a cavidade vitelina, uma vez que essa cavidade inicialmente formada é revestida em parte pelo hipoblasto e de modo mais extenso pela membrana de heuser, constituem o que denominamos de endoblasto. Ao mesmo tempo que essa condição se estabelece, as células do epiblasto, num grau mais avançado de maturidade, fomam o ectobasto.

Formação das cavidadesamniótica e vitelina

A amniogênese consiste no processo de formação da cavidade (saco) amniótica. Nos peixes e anfíbios, esta cavidade é inexistente. Contudo, nas aves, nos repteis e nos mamíferos, esta presente e constitui um dos anexos embrionários. Encontra-se revestida inicialmente por células planas ou achatadas formadoras do âmnio ou amnioblasto e pelas células do epiblasto. Posteriormente, ascélulas do ectoblasto fazem parte do seu revestimento em substituição ao epiblasto. Nos mamíferos, a formação dos anexos embrionários pode ocorrer desde a gastrulação ou antes dela, o que possibilita uma diferença importante entre mamíferos e aves. Deste modo, enquanto a formação desta cavidade é descrita nos mamíferos desde a bastulação, no caso das aves só é relatada após a gastrulação e aorganogênese. O inicio da amniogênese nas aves se dá com 30 a 33 horas de incubação, através do surgimento de uma dobra ectodérmica que se desenvolve nas regiões cefálica e caudal do embrião. Após o surgimento da dobra caudal em torno das 48 horas, ocorre a fusão de ambas na linha média. No embrião de 72 horas, pode-se observar uma intensa proximidade dos bordos laterais das dobras, restando apenasuma pequena abertura na cavidade amniótica quase completamente formada. Esta abertura é o poro amniótico. No embrião de 4 dias de idade, com a fusão das dobras amnióticas, há a formação da cavidade amniótica. O ponto de fusão é caracterizado inicialmente por uma cicatriz denominada conexão seroamniótica ou sutura seroamniótica.
Nos mamíferos, a amniogênese pode ocorrer por pregueamento,cavitação ou cisto ectocorial. No primeiro caso, isto é, na amniogênese por pregueamento, estão incluídos o coelho, o porco, o ruminante, todos os carnívoros, alguns insetívoros e os primatas mais primitivos. Esta forma de amniogenese é a mais primitiva de denomina – se plectâmnio, sendo semelhante à das aves.
A amniogênese por cavitação é observada nos primatas (incluindo os humanos e o macaco Rhesus )e na maioria dos insetívoros. Resulta na formação da cavidade amniótica por cavitação gradual do nó embrionário, o que constitui a forma denominada esquizamnio.
A forma por cisto ectocorial é a amniogênese encontrada em roedores. No hamster e na cobaia também é relatada, como resultante de um grande aprofundamento do nó embrionário em direção à lecitocele. A formação da cavidade, neste caso, ébastante complexa e parece envolver uma delaminação do nó embrionário.
Alguns médicos têm feiro referência à cavidade amniótica, de maneira imprópria, como bolsa das águas. Tal denominação deve ser evitada na linguagem biomédica, embora até hoje encontre uns poucos adeptos.
Com o desenvolvimento embrionário, a cavidade amniótica tente a aumentar progressivamente, nos mamíferos, enchendo-se deliquido a que denominamos liquido amniótico. No caso das aves, o papel do saco amniótico é proteger o embrião, evitando sua dessecação, uma vez que os ovos são postos ao ar livre. O liquido amniótico é totalmente absorvido pelo embrião no final da incubação e, com isso, o pinto eclode seco do ovo após utilizar toda a provisão liquida de que necessitava para o seu crescimento.
Dos anexos...
tracking img