Taylorismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1994 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
CENTRO DE TECNOLOGIA
CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA
SOCIOLOGIA DO TRABALHO








João Vitor Carvalho Lira xxxxxxxx
Pedro de Macêdo xxxxxxxx
Pedro Henrique Tomaz Fernandes





AS TECNOLOGIAS NA OTIMIZAÇÃO DO TRABALHO INDUSTRIAL: TAYLORISMO, FORDISMO E TOYOTISMO

João Pessoa, Janeiro de 2013.
INTRODUÇÃO

Tecnologia (Do grego“Estudo da técnica, arte, ofício”), é um termo que envolve o conhecimento técnico e científico e as ferramentas, processos e materiais criados e/ou utilizados a partir de tal conhecimento.
O marco inicial da Era Industrial foi a própria Revolução Industrial. Num mundo capitalista existe a “necessidade” de consumo, e isso gera maior produção. A Revolução iniciou-se em meados do século XVIII, naInglaterra. A partir daí, seguida pelo século seguinte por outras nações européias. Visando sempre acúmulo de capitais, através principalmente da intensa exploração da atividade comercial no mundo, com o tempo verificou-se uma necessidade de desenvolvimento de suas técnicas de produção, como a procura de um meio mais viável de extração e de compra de matérias-primas, a procura por uma mão de obra maisbarata e qualificada. Esse desenvolvimento se deu através da aplicação de dinheiro em pesquisas científicas, que pode levar o capitalismo a um patamar mais elevado e preciso.
A indústria, por sua vez, acompanhou esse crescimento devido às necessidades de administração, redução de custos e aumento da produção. O foco do trabalho industrial nessa época era produzir, otimizar, lucrar.CONTEXTO HISTÓRICO
TAYLORISMO, FORDISMO E TOYOTISMO

No início do século XX, Taylor, um engenheiro americano, realiza estudos sobre o trabalho nas indústrias que darão origem à primeira Teoria Organizacional, a Teoria da Administração Científica. Ele conclui que a partir da divisão das tarefas, da especialização do operário, é obtido um significativo aumento da produtividade.
Por volta dadécada de 20, consolida-se o modelo de outro engenheiro americano, Henri Ford, que apresenta semelhanças com o Taylorismo. Ambos valorizam a separação do trabalho executivo do intelectual, a especialização das tarefas. Porém o Fordismo acrescenta uma estratégia mais abrangente de organização da produção que envolve extensa mecanização, e consequentemente, uso de máquinas e ferramentas especializadas,linhas de montagens e divisão crescente de atividades.
Nesse momento cada trabalhador assumia uma única tarefa, restringindo-se cada vez mais as especificidades. O método Taylorista e Fordista foi sendo utilizado nas indústrias rapidamente, contagiando outras organizações e até instituições, como igrejas e grupos de lazer.
Eram determinados tempos para as tarefas serem executadas, e com issoexistiam horários exatos para chegar e sair da fábrica. Junto a isso havia a preocupação com os direitos e deveres dos trabalhadores assalariados, causando assim transtornos políticos e sociais.
Essa libertação teve um preço, os benefícios trazidos pela Revolução Industrial foram acompanhados por mudanças radicais no trabalho e na vida. Ocorre um deslocamento de enormes contingentes de pessoas docampo para as áreas urbanas. O artesão que antes trabalhava com a família em casa, se transforma em um anônimo operário das fábricas nos grandes centros, submissos às ordens de um chefe estranho, em um ambiente impessoal e árido.
Os séculos passados não apresentavam tantas descobertas e invenções como entre os séculos XIX e XXI. O progresso tecnológico trouxe muitas melhorias. Para uma parte dahumanidade a vida foi facilitada. A fadiga e o desgaste físico foram reduzidos, as tecnologias permitiram uma diminuição do esforço tanto no trabalho industrial, como no doméstico. A taxa de mortalidade caiu significativamente. O home pré-industrial dos países mais ricos vivia em média 35 anos, o da segunda metade deste século tem como referência 75 anos. Houve um incremento na escolarização,...
tracking img