Taylor e fayol

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (785 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Como em todas as suas obras Chaplin aponta bastante para as situações reais do mundo em que vivemos, e como sempre a história da humanidade deixa traços para trás, o filme tempos modernos mostraexatamente o que é o abusivo regime trabalhista, onde na época as pessoas trabalhavam muito e ganhavam bem pouco. Mostra a extrema diferença entre a classe trabalhadora e os burgueses em geral, deixandoem forte evidência a exploração através de exagerada carga horária de trabalho, produção apenas aumentando, e as condições subumanas a que essas pessoas eram expostas nos seus locais de trabalho.Mostra que essa luta por carga horária menor, aumento de salário e boas condições para trabalhar não existe há pouco tempo, mas desde a Revolução Industrial. O filme salienta bastante que a exploração eragrande para que a produção aumentasse, mas que o salário que essas pessoas recebiam pelos seus trabalhos muitas vezes nem sequer podia pagar o preço do produto que produziam, o que sem dúvida podiaser considerado como algo bem injusto. Também fala um pouco a respeito da troca de trabalho humano pelo trabalho de máquinas, onde haveriam muitos dispensados após adotarem a esse método de trabalho.Não é tão diferente nos dias de hoje, no Brasil ainda tem muito trabalho escravo escondido por ai, e precisando ser descoberto para que a justiça com as pessoas que trabalham em péssimas condiçõessubmetidos a péssimos salários sejam de alguma forma beneficiadas. É um excelente filme sobre a história da revolução industrial que vale a pena assistir.

O filme de Charles Chaplin traz uma série decríticas referentes ao tratamento à classe trabalhadora (o proletariado, em termos da teoria marxista) e aos burgueses (donos dos meios de produção que “exploravam” essa mão-de-obra, que era miserável,que trabalhava muito para cada vez mais aumentar a produtividade nas suas empresas). Cargas horárias extensas, compromisso de estarem produzindo mais e mais, além das condições subumanas em que se...
tracking img