Syncro e taco geradores

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6292 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
APOSTILA DE TREINAMENTO
ASSISTÊNCIA TÉCNICA
MÓDULO 08
Nome do Modulo: Subsea Control Module (SCM)
Data: 30/07/2009
Elaborado por: Josué Monteiro
Aprovado por:
Revisado por:
ÍNDICE
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.

Abreviações
Definição e características básicas
Visão Geral
Componentes Mecânicos
Componentes Hidráulicos
Componentes Elétricos
Tipos, aplicações e operação de SCM’sETU
Anexos

1- ABREVIAÇÕES
• AI - Analog Input
• AICF - Analog Input Configuration
• AIDO - Analog Input / Digital Output
• ANM – Árvore de natal molhada
• CISC – Centro de Integração em Sistemas de Controle
• COV - Change Over Valve
• DCV – Directional Control Valve
• DHI - Down Hole Interface
• DO - Digital Output
• DPR – Drillpipe Riser
• EC – Electrical Connector
• EDP –Emergency Disconnect Package
• EHDM – Electrical Hydraulic Distribution Module
• EPU – Electronic Power Unit
• ETU – Electronic Test Unit
• HC – Hydraulic Coupler
• HP – High pressure
• HPU – Hydraulic Power Unit
• LP – Low pressure
• MCS – Master Control Station
• MCV - Módulo de Conexão Vertical
• MGL – Módulo de Gas Lift
• MSP – Manifold Submarino de Produção
• PDG – Permanent DownholeGauge

Apostila de Treinamento

• PLFS - Power Line Filter Single Board
• PLMS - Power Line Modem Single Board
• PT – Pressure Transmitter
• SCM – Subsea Control Module.
• SCMMB – SCM Mounting Base
• SCMTS – SCM Test Stand
• SEM – Subsea Electronic Module
• SESI – Sensor Simulator
• SIO - Signal Input and Output
• SPCTU – Subsea Power and Communication Test Unit
• TJ – Transition Joint(DPR 2000)
• TPT – Temperature and pressure transmitter
• eSCM – Eletric SCM

Página 1
5/11/2009

Módulo 08 rev.4

APOSTILA DE TREINAMENTO
ASSISTÊNCIA TÉCNICA
MÓDULO 08
2- DEFINIÇÃO E CARACTERÍSTICAS BÁSICAS
O SCM é um módulo de controle submarino que responde a comandos
multiplexados eletricamente, enviados a partir da superfície com o objetivo de acionar
hidraulicamente funçõesdos equipamentos submarinos (atuadores, conectores e
chokes), além do envio para superfície de informações diversas.
A arquitetura interna do SCM permite o acionamento de dezenas de funções
hidráulicas submarinas através da pressurização de duas linhas hidráulicas,
diferentemente do sistema hidráulico direto, que utiliza uma linha de suprimento
hidráulico para cada função submarina. Devido aesta característica, o SCM é muitas
vezes chamado módulo de controle multiplexado.
Possui ainda sensores internos e interfaces para sensores externos (TPT na
ANM, PDG na coluna de produção, medidores de vazão, inclinômetro, etc.). Os sinais
recebidos dos sensores são enviados à superfície em intervalos de tempos regulares,
sendo assim possível a monitoração do SCM e certas informações sobreos
equipamentos submarinos.
As suas alimentações hidráulicas e elétricas são redundantes e fornecidas a
partir da superfície pela HPU e EPU/MCS, respectivamente.
O SCM possui 02 sistemas eletrônicos, totalmente redundantes, denominadas
SEM-A e SEM-B (equivale na superfície a linha A e linha B).
O SCM é operado com o fluido hidráulico Marston Bentley HW-525 que apresenta
as principaiscaracterísticas:








20% a 25% de glycol
1% a 5% de lubrificantes, inibidor de corrosão
75% água destilada e deionizada
Resistência ao Crescimento Microbiológico
Capacidade Anticongelante
Não Agressão ao Meio Ambiente
Capacidade de Resistir a Temperaturas de até 70°
C

Apostila de Treinamento

Página 2
5/11/2009

Módulo 08 rev.4

APOSTILA DE TREINAMENTO
ASSISTÊNCIATÉCNICA
MÓDULO 08
3- VISÃO GERAL
Para fins didáticos, pode-se dividir o SCM em três partes distintas:
-

Características mecânicas
Características hidráulicas
Características elétricas

Todas estas partes funcionam em perfeita integração tornando possível assim a
criação de um equipamento robusto e de alta confiabilidade, visando atender a diversos
clientes do setor de exploração de...
tracking img