Sustentabilidade: um novo (velho) paradigma de desenvolvimento regional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (754 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo: Sustentabilidade: Um novo (velho) paradigma de desenvolvimento regional

Nos dias atuais o mundo vive um período de transição, em que pode ser chamado de passagem da sociedadeurbano-industrial para a sociedade pós industrial. Tal transição revela múltiplas dimensões de uma crise decorrente do esgotamento do paradigma dominante e se prenuncia na emergência de um novo paradigma. O Brasilé o exemplo mais próxim em que a instabilidade decorre da excessiva supremacia de capital bancário internacional e sua extrema volatilidade.
Em cosequencia disso os Estados acabam impotentes e nãoconseguem executar sua própria política monetária, pressionados pelas gigantescas dimensões dos mercados financeiros privados, cujo caráter financeiro e poder especulativo aniquilam, ou tornamineficientes grande parte dos instrumentos da política econômica tradicional. Embora a tendência da transnacionalização seja inquestionável, a internacionalização financeira é uma realidade incontestável, ocapital financeiro adquiriu a mobilidade e a fluidez necessária a metamorfose de sua base real produtiva.
Uma das consequências mais visíveis da crise recente do sistema capitalista é o acirramento daconcorrência internacional, dentre as muitas transformações nas últimas décadas, pode-se destacar a reestruturação socioeconômica de nações e produtiva das empresas. Tudo em função da necessidade deracionalizar o uso dos recursos, tendo em vista melhorias necessárias na competitividade das nações e das empresas.
Dessa forma é a dinâmica do processo de concorrência intercapitalista de cadamercado que dá o referencial para a avaliação da competitividade. Desempenho e eficiência resultam de capacidade acumulada e capacitação acumulada pela empresa decorre das estratégias competitivas adotadaspor essa mesma empresa. Em consequência a competitividade não se deve a um produto ou a uma firma, decorre de um determinado padrão de concorrência. A competitividade está relacionada ao padrão de...
tracking img