Supply chain management

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4615 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUPPLY CHAIN MANAGEMENT ¹
Paulo Fernando Fleury
O período entre 1980 e 2000 foi marcado por grandes transformações nos conceitos gerenciais, especialmente no que toca á função de operações. O movimento de qualidade total e o conceito de produção enxuta trouxeram consigo um conjunto de técnicas e procedimentos como o JIT (Just in time) QFD (Quality Function Deployment - Desdobramento daFunção Qualidade), Kanban² e engenharia simultânea. Essas técnicas e procedimentos contribuíram para um grande avanço da qualidade e produtividade.
A logística integrada, despontou no começo da década de 80 e evoluiu rapidamente nos 15 anos que se seguiram. Embora ainda em evolução, o conceito de logística integrada já está bastante consolidado nas organizações produtivas dos países mais desenvolvidos,tanto em nível conceitual quanto de aplicação. O Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos, começou a se desenvolver apenas no início dos anos 90.
Existem inclusive alguns profissionais que consideram SCM como apenas um novo nome, uma simples extensão do conceito de logística para além das fronteiras organizacionais.
Em contraposição a essa visão restrita, existe uma crescente percepção de queo conceito de Supply Chain management é mais do que uma simples extensão da logística integrada.O desenvolvimento de novos produtos é talvez o mais óbvio deles, pois vários aspectos do negócio deveriam ser incluídas nessa atividade, tais como: o Marketing para estabelecer o conceito; pesquisa e desenvolvimento para a formulação do produto; fabricação e logística para executar as operações; efinanças para a estruturação do financiamento.
O que parece claro é que esse novo conceito chegou para ficar. Os extraordinários resultados obtidos pelas empresas que já conseguiram implementá-lo com sucesso são uma garantia de que este não é apenas um modismo gerencial, mas algo que vem crescentemente despertando a atenção da alta cúpula gerencial nas grandes e mais modernas empresas internacionaisNo Brasil, a onda do SCM começou a espalhar-se no final da década de 90, impulsionada pelo movimento da logística integrada que vem-se acelerando no país. O objetivo deste texto é contribuir para um melhor entendimento dessa poderosa, mas ainda pouco conhecida, ferramenta gerencial.






1.Artigo publicado originalmente na revista Tecnologística, fev. 1999
2.Ferramenta conhecida naforma de um cartão utilizado para puxar a producão.
CONCEITO DE SUPPLY CHAIN MANAGEMENT (SCM)
Para melhor compreender o conceito de Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos, ou SCM do inglês, é fundamental entender primeiro o conceito de canal de distribuição já bastante consolidado e há muito utilizado por Marketing. Instrumento fundamental para a eficiência do processo de comercialização edistribuição de bens e serviços, o conceito de canal de distribuição pode ser definido como o conjunto de unidades organizacionais, instituições e agentes, internos e externos, que executam as funções que dão apoio ao Marketing de produtos e serviços determinada empresa.
Entre as Funções de suporte ao Marketing incluem-se compras, vendas, informações, transporte, armazenagem, estoque, programação deprodutos, e financiamento. Qualquer unidade organizacional, instituição ou agente que execute uma ou mais funções de suporte ao Marketing é considerado um membro do canal de distribuição. Os diversos membros participantes de um canal de distribuição pode ser classificados em dois grupos: membros primários e membros especializados. Membros Primários são os que participam diretamente, assumindo orisco pela posse do produto, e incluem fabricantes, atacadistas,distribuidores e varejistas. Membros secundários são os que participam indiretamente, basicamente por meio da prestação de serviços aos membros primários, não assumindo o risco da posse do produto. Exemplos mais comuns são as empresas de transporte, armazenagem, processamento de dados e prestadoras de serviços logísticos integrados....
tracking img