sped

Páginas: 6 (1277 palavras) Publicado: 26 de novembro de 2013
COLÉGIO ESTADUAL ARTHUR DE AZEVEDO - EFMPN
CURSO TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO


RAFAELA MATOS DA SILVA Nº 13




SPED-SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL E NF-e – NOTA FISCAL ELETRÕNICA



Trabalho apresentado à disciplina Contabilidade,Ministrado pelo Profº Elvis, no curso Técnico em
Administração, 2ºSemestre, do Colégio
Estadual Arthur de Azevedo-EFMNP.









São João Do Ivai – PR
2013
SPED-SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL

O Sistema Públicode Escrituração Digital está promovendo uma verdadeira revolução nos procedimentos fiscais. O Sped possibilita uma nova relação entre as administrações fazendárias e o setor produtivo no Brasil. A solução substitui a emissão de livros e documentos contábeis e fiscais em papel por documentos eletrônicos com certificação digital. Assim ficam garantidas a autoria, a integridade e a validade jurídicados documentos.
Com o Sped, a Receita Federal do Brasil começou a colocar em prática um grande e decisivo instrumento de integração da gestão tributária nacional em suas diferentes esferas. A Nota Fiscal Eletrônica – NF-e, que elimina as tradicionais Notas Fiscais em papel, foi criada para ser inicialmente utilizada em operações comerciais entre empresas de grande porte. A NF-e é o primeirodos três vértices que compõem o Sped. Os outros dois são o Escrituração Contábil Digital e o Escrituração Fiscal Digital, que também passarão a ser utilizados como soluções de modernização dos fiscos no país.
O Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) visa promover a atuação integrada dos fiscos nas três esferas de governo (federal, estadual e municipal), uniformizar o processo decoleta de dados contábeis e fiscais, bem como tornar mais rápida a identificação de ilícitos tributários.
Dentre os benefícios vislumbrados para os contribuintes, com a implantação desse sistema, destaca-se a redução de custos, além de simplificação e agilização dos processos que envolvem o cumprimento de obrigações acessórias.
Trata-se da fase social da adequação das empresas ao Sistema Públicode Escrituração Digital (Sped). Todos os dados passarão a constar de uma única plataforma digital: desde as folhas de pagamento até os prontuários de medicina laboral, passando pela Relação Anual de Informações Sociais (Rais), Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte (Dirf), Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), entre outros.
Com menos de seis meses pela frente, empresasenfrentam o desafio de recolher todas as informações necessárias para a adequação ao novo procedimento. “Na largada o processo é dolorido, mas o benefício é amplo”.
Com o cerco fiscal produzido no país introduzido pelo SPED Sistema Público de Escrituração Digital, bem como as IFRS, Novas Normas Brasileiras de Contabilidade, resgata-se a necessidade da prática da Contabilidade sob o ponto devista da Ciência que ela representa, com uma qualidade nunca antes imaginada e que seja capaz de proteger o empresário, o empreendedor, os usuários da contabilidade com informações precisas evitando dissabores futuros por conta de inconsistências que geram autuações.

NF-e-NOTA FISCAL ELETRÔNICA

A Nota Fiscal Eletrônica NF-e, é exigida desde outubro de 2005 pela legislação brasileira, foiinstituída com validade para todos os Estados da Federação. Sendo destinada para fins fiscais, com o objetivo de documentar digitalmente as transações comerciais para contribuintes do ICMS (Imposto sobre circulação de Mercadoria e Serviços), com validade jurídica garantida pela assinatura digital do emitente; a assinatura digital é um processo que possibilita a verificação de integridade e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Sped
  • SPED
  • SPED
  • Sped
  • Sped
  • Sped
  • Sped
  • Sped

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!