Sociologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (927 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade do Sul de Santa Catarina – Unisul
Campus Virtual


|[pic] |Avaliação a Distância|

Disciplina: Psicologia nas Instituições Jurídicas
Curso: Segurança do Trânsito
Professor:
Nome do aluno
Data:

Orientações:
▪ Procure o professor sempre que tiverdúvidas.
▪ Entregue a atividade no prazo estipulado.
▪ Esta atividade é obrigatória e fará parte da sua média final.
▪ Encaminhe a atividade via Espaço UnisulVirtual de Aprendizagem(EVA).

Em alguns países, o aborto é permitido em casos especiais, ou seja, nos casos de gravidez resultante de estupro, incesto, anomalia fetal, situação econômica ou social ou ainda, porsolicitação da mulher. No Brasil, o aborto está previsto na legislação como permitido nos casos em que o médico não tem outro meio para salvar a vida da gestante ou em casos de estupro, por exemplo. Porém, esseassunto remete a uma discussão bastante delicada. Leia o artigo a seguir.

Duarte, Graciana Alves et al. Aborto e legislação: opinião de magistrados e promotores de justiça brasileiros. Rev. SaúdePública, Jun 2010, vol.44, no.3, p.406-420. ISSN 0034-8910. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/rsp/v44n3/04.pdf. Acesso em 09/12/2011.


Após a leitura do artigo, elabore um único textodissertativo contendo as respostas para as seguintes perguntas:

a) Quais implicações legais norteiam a noção de aborto enquanto crime? (3,0 pontos)

b) Por que alguns juízes e promotores destacam anecessidade de mudanças na atual legislação? (3,5 pontos)

c) Quais conexões são possíveis estabelecer entre a noção de aborto enquanto crime e a noção de violência e agressão? (3,5 pontos)




Textoresposta para as questões

As noções legais que norteiam a noção de aborto crime caracterizam se
Trasngressão da norma penal vigente a não ser em alguns casos em que a lei permite Em razão...
tracking img