Sociologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5484 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Formação Continuada

SUSTENTABILIDADE E MEIO AMBIENTE

TEMA: EVOLUÇÃO DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

Rodovia BR 470, km 71, n° 1.040, Bairro Benedito Caixa postal n° 191 - CEP: 89.130-000. lndaial-SC Fone: (0xx47) 3281-9000/3281-9090 Home-page: www.uniasselvi.com.br Sustentabilidade e Meio Ambiente Centro Universitário Leonardo da Vinci Organização Edson Torres Conteudista Reitor daUNIASSELVI Prof. Ozinil Martins de Souza Pró-Reitor de Ensino de Graduação a Distância Prof. Janes Fidélis Tomelin Pró-Reitor Operacional de Ensino de Graduação a Distância Prof. Hermínio Kloch Diagramação e Capa Paulo Henrique do Nascimento Revisão: Nélson Dellagiustina
Todos os direitos reservados à Editora Grupo UNIASSELVI - Uma empresa do Grupo UNIASSELVI Fone/Fax: (47) 3281-9000/ 3281-9090Copyright © Editora GRUPO UNIASSELVI 2011. Proibida a reprodução total ou parcial da obra de acordo com a Lei 9.610/98.

Evolução do Desenvolvimento Sustentável 1 INTRODUÇÃO Debates acerca do termo desenvolvimento há muito permeiam nossa sociedade. Não é de hoje que muitos atores sociais o utilizam para se referir a alguma situação de nossa sociedade. Os próprios modelos de desenvolvimento nuncaforam uma unanimidade. Basicamente, podemos observar duas correntes distintas:
• Uma que encara o desenvolvimento como sinônimo de crescimento e

1

dessa maneira, não leva em consideração aspectos sociais ou ambientais em seu processo de construção. Esta corrente baseia-se essencialmente em aspectos quantitativos. (Ex.: aumento do produto interno bruto, aumento da lucratividade, entre outros).• Outra corrente considera o crescimento uma condição indispensável para

o desenvolvimento, porém, não como condição suficiente. Nesse sentido o desenvolvimento adquire aspectos qualitativos, a saber, a melhora na qualidade de vida das pessoas, do meio ambiente e das estruturas existentes. O padrão de desenvolvimento adotado historicamente se aproxima ao que associa o desenvolvimento aocrescimento. Como vimos na segunda etapa, o modelo de produção hegemônico pautado pela empresa capitalista tem como mola propulsora o consumismo. De fato, deste ponto de vista ele é antropocêntrico, contraditório e equivocado. Esta é uma discussão longa. Inclusive já a iniciamos na segunda etapa. Porém, longe de intentarmos um relato mais aprofundado do termo desenvolvimento e sua crítica, nos ateremos auma de suas derivações, ou seja, o desenvolvimento sustentável. Este, sendo associado aos princípios da sustentabilidade, também é recorrente nos discursos oficiais, nos relatórios de empresas, de governo, nos estudos acadêmicos, na mídia e entre tantas outras esferas.

2 PRIMÓRDIOS DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: DO CLUBE DE ROMA À CONFERÊNCIA DE ESTOCOLMO
Ao longo do tempo o termodesenvolvimento sustentável adquiriu novas formas, recebendo novos adjetivos e incrementos. O crescimento capitalista da primeira metade do século XX gerou de um lado muita riqueza e de outro, muitas assimetrias. As riquezas, expropriadas por poucos ao passo que as injustiças cresciam aos montes. Sem contar que
Copyright © Editora GRUPO UNIASSELVI 2012. Todos os direitos reservados.

2

Sustentabilidadee Meio Ambiente todo crescimento e progresso deram-se às custas do meio ambiente. Nesse contexto, algumas correntes de pensamento e grupos sociais intentam esforços na luta contra o modelo hegemônico. Um grande exemplo é o movimento ambientalista. Após a 2ª Guerra Mundial e decorrer da segunda metade do século XX as correntes do pensamento discorrentes da hegemônica passam a ganhar força, nãosomente na academia, mas em todos os setores da sociedade. O modelo de progresso baseado na depredação dos recursos naturais passa a se tornar tema de muitos seminários e aos poucos, da agenda política. A ideologia dominante, baseada na satisfação das “ilimitadas necessidades humanas através da alocação dos recursos limitados” começa a ser questionada, apesar de continuar predominante. A visão...
tracking img