Socio ambiental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1637 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UEMG - UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS
PEDAGOGIA

APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO
- VYGOTSKY -

Gerson Aparecido da Silva
Nathália Aparecida Leite
Paulo Henrique Moreno DionízioRosilene Aparecida de Oliveira

POÇOS DE CALDAS
NOVEMBRO/2010
UEMG - UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS
PEDAGOGIA

APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO
- VYGOTSKY -

[pic]

POÇOS DE CALDAS
NOVEMBRO/2010

BIOGRAFIA DE VYGOTSKU

(1896-1934)

Lev Semenovich Vygotsky , professor e pesquisador foi contemporâneo de Piaget, viveu apenas 37anos. Nasceu em 17 de novembro de 1896 em Orsah, pequena cidade perto de Minsk, a capital da Bielo-Rússia, e faleceu em Moscou, em 11 de junho de 1934, vítima de tuberculose Casou-se aos 28 anos, com Roza Smekhova, com quem teve duas filhas.
Completa o curso secundário aos 17 anos e recebe medalha de ouro pelo seu desempenho. De 1914 a 1917 estudou Direito e Literatura na Universidade de Moscou, em1916 escreve “A Tragédia de Hamlet, príncipe da Dinamarca” que em 1925 dá origem ao livro Psychology of Art (Psicologia da Arte), publicada na Rússia somente em 1965. Em 1925 viaja para o exterior e organiza o Laboratório de Psicologia para Crianças Deficientes. Em 1927 escreve O Significado histórico da crise da psicologia, em 1931 elabora Desenvolvimento das funções psicológicas superiores, em1932 realiza uma série de conferências em Leningrado.
Dedicou-se nos campos da pedagogia e psicologia. Partidário da revolução russa sempre acreditou em uma sociedade mais justa sem conflito social e exploração. Construiu sua teoria tendo por base o desenvolvimento do indivíduo como resultado de um processo sócio-histórico.
Vygotsky considera o papel da instrução um fator positivo, no qual acriança aprende conceitos socialmente adquiridos de experiências passadas e passarão a trabalhar com essas situações de forma consciente. Se uma transformação social pode alterar o funcionamento cognitivo e pode reduzir o preconceito e conflitos sociais, então esses processos psicológicos são de natureza social. Devem ser analisados e trabalhados através de fatores sociais.
A visão de Freud damente contradiz com a visão socio-histórica de Vygotski. Para Vygotsky, cultura não regula processos naturais, simplesmente substitui os processos elementares e o conteúdo total dos fenômenos psicológicos.
Vygotsky conhecia nove idiomas e possuía um saber enciclopédico. Em 10 anos, Vygotsky passou como um raio pela teoria, pela prática e por instituições oficiais. Produziu cerca de 200trabalhos de Psicologia e 100 sobre arte e literatura, dois anos após sua morte
A RELAÇÃO ENTRE O PENSAMENTO E A FALA NO DESENVOLVIMENTO

O pensamento e a fala não são ligados por um elo primário, possuem raízes genéticas diferentes. Mas as curvas de crescimento da fala e do pensamento tem estreita correspondência, se cruzam varias vezes, podem atingir o mesmo ponto e correr lado a lado, e até mesmofundir-se por algum tempo, mas acabam se separando novamente.
Ao longo da evolução do pensamento e da fala tem inicio uma conexão entre ambos. Esquematicamente podemos imaginar o pensamento e a fala como dois círculos que se cruzam. Nas partes que coincidem, o pensamento e a fala se unem para produzir o que se chama pensamento verbal. À vontade de dominar a linguagem segue a primeirapercepção difusa do propósito da fala. A criança percebe que cada coisa tem um nome, e esse nome passa a fazer parte da estrutura desse objeto.
A criança começa a falar com uma única palavra, depois passa a relacionar duas ou três palavras entre si. Um pouco mais tarde ela passa das frases simples para as mais complexas. E finalmente a criança chega a fala coerente, constituída por uma série...
tracking img