Sociedade primitiva ii fichamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2920 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Capítulo II
Os aborígenes da América nunca acederam ao ultimo grande período da barbárie. Este, segundo o esquema que adotamos nesta obra começou no hemisfério oriental coma produção e o uso do ferro.
O processo de fusão do minério de ferro foi, como já dissemos, o invento por excelência, em comparação com o qual, são de secundária importância todas as invenções descobertas. Apesar deconhecerem o bronze os homens não podiam avançar na via do progresso sem possuírem utensílios metálicos eficazes e sem que dispusessem de um metal dotado de suficiente dureza e resistência para com ele fabricarem máquinas. Desta descoberta data-se o progresso acelerado da inteligência humana. É um período tão rico em realizações que chegamos a pensar se algumas delas não poderão remontar ao períodoprecedente.
IV. A Propriedade na fase superior da barbárie
No final deste período, tornara-se fenômeno comum e geral a apropriação massiva de uma grande variedade de bens por proprietários individuais, graças à agricultura, á manufatura e ao comércio interno e externo. Mas o antigo modo de possuir as terras como propriedade indivisa de toda a comunidade não tinha sido transformado e só parcialmentetinha sido alterado pelo sistema de posse individual.
O estabelecimento das tribos em determinadas regiões fixas e em cidades fortificadas a par do crescimento demográfico intensificaram a luta pela posse dos territórios mais cobiçados. Estas transformações, que afetaram as condições de existência e o modo de vida social, anunciavam a aproximação da civilização. As primeiras leia dos gregos,romanos e hebreus que aparecem depois do início da civilização pouco fazem que dar forma aos usos e costumes das épocas anteriores. Como conhecemos a última forma revestida pelas leis e regra arcaica precedente é-nos possível deduzir com relativa segurança as modificações intermédias que sofreram, mesmo quando estas não são conhecidas.
Ao finalizar o período recente da barbárie, deram-seimportantes transformações na propriedade imobiliária que deram origem a duas formas de propriedade: a propriedade de estado e a propriedade individual.
Estas diferentes formas de propriedade demonstram que a mais antiga é a propriedade tribal coletiva e que, com o aparecimento da agricultura, uma parte destas terras foi distribuída às gens que a possuíam em comum; com o tempo a esta distribuição pelasgens seguiu-se uma partilha das terras entre os indivíduos que acabaram por adquirir um direito de propriedade sobre parte do terreno que lhes coube. Os bens pessoais eram geralmente propriedade individual dos seus proprietários.
A família fez a sua primeira aparição na fase superior da barbárie, como prolongamento de uma forma anterior de família, a forma sindiásmica. A passagem dessa forma àforma monogâmica está em íntima relação com o desenvolvimento da propriedade e com os usos relativos da herança. A identificação do trabalho com o pai e seus filhos, a criação de animais domésticos e a produção de mercadorias contribuiu por um lado para a individualização da família que se tornou monogâmica, e por outro lado para o arreigamento da ideia do direito incontestável dos filhos à herançados bens por terem colaborado na sua produção. Antes do cultivo das terras, os rebanhos eram naturalmente propriedade coletiva de um grupo cujos membros, ligados por laços de parentesco, se uniam para em comum assegurar a sua própria subsistência. A história da propriedade começa com o cultivo dos campos que levou os homens a aperceberem-se de que toda a superfície da terra podia constituir oobjeto de propriedade e apropriação individual, ao mesmo tempo que o chefe da família se impunha naturalmente como o centro da acumulação dos bens. Não será necessária uma grande reflexão para nos darmos conta da poderosa influência que a propriedade iria exercer no espírito humano, onde energicamente iria exercer no espírito humano, onde energicamente iriam despertar novos traços de caráter.
A...
tracking img