Social-democracia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1253 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal Fluminense
Aluna: Fernanda Oliveira Torres
Ciência Política IV
Social-democracia
O termo Social-democracia usa-se para indicar os movimentos socialistas que pretendem mover-se somente no campo das instituições liberal-democráticas, aceitando, até certo ponto, a função positiva do estado.
A social-democracia luta em duas frentes: contra o reformismo burguês e contrao aventureirismo revolucionário. E só se compromete mais com uma do que com a outra dependendo das circunstâncias que a favoreçam.
Este sistema originou-se na Alemanha, por volta de 1875, com uma inspiração socialista. Através da luta, que tanto ao plano nacional quanto internacional, vai-se definindo durante algumas décadas como opositora ao anarquismo. Estes sistemas tinham o mesmoobjetivo, porém se distinguiam pelos seus meios de luta. Enquanto o anarquismo pretendia acabar com a democracia com uma revolução violenta, a social-democracia, como indica a própria palavra, visava chegar ao socialismo mediante a democracia.
Uma teoria revolucionária baseada mais na esperança de uma inevitável evolução das coisas pela ação de mecanismos objetivos do que na projeção de umaintransigente vontade de luta, e uma práxis real menos que reformista, não podia realmente durar.
Quando Lênin mudou o nome do seu partido, atribuindo-lhe a dominação antiga de comunismo, queria mostrar com isso o fim do equivoco do termo: de um lado, os revolucionários só de nome, os Social-democratas (considerados como traidores da revolução caso não adotassem a estratégia leninista); e do outro, osverdadeiros revolucionários, os comunistas.
Porém não devemos nos conduzir ao erro. Enquanto a Social-democracia se atém a um resíduo de perspectivas revolucionário-palingenéticas, a afinidade com o comunismo prevalece sobre qualquer outra diferença. Quando a Social-democracia se desliga da matriz milenarista, deixa, de fato, de ser Social-democracia, mesmo que continue a dominar-se assim, parase converter em reformismo.
Somente quando o fascismo começou a ameaçar a segurança externa da URSS, que o comunismo consentiu em colaborar com a social-democracia na luta anti-fascista.
Após a segunda guerra mundial, a evolução da Social-democracia para o reformismo é investida. E vários fatores favoreceram esta evolução: de um lado a violência excessiva exercida pelos comunistas contratodos os partidos socialistas da Europa Oriental. De outro lado, a grande recuperação do capitalismo. E também, a péssima prova que constituem as economias baseadas na planificação total, ao demonstrarem que a abolição da propriedade privada e do mercado, em vez de favorecer o desenvolvimento harmônico da economia e a sua subordinação aos interesses das massas, dá aos planificadores um poderarbitrário que os cega completamente ao privá-lo do mercado.
A Social-democracia vem enfrentando cada vez mais dificuldade na tentativa de manter o neocorporativismo dentro dos limites do regime de liberdade. Há, antes de qualquer coisa, o passado revolucionário, que se manifesta em estado puro, e nem mesmo nas maiorias Social-democráticas que estão no poder essa herança está totalmente extinta. Destemodo, a medida que vai parecendo insuficiente o instrumento fiscal para garantir por si só um progressivo nivelamento da renda, vai encontrando cada vez mais audiência a idéia promovida pela esquerda de uma intervenção na fonte, onde as rendas se formam.
O constante aumento da produtividade em todos os setores mantém-se perpetuamente em marcha e ao máximo ritmo possível, o que é um problemapara a Social-democracia. Diante a pressão da presente conjuntura, não é possível imaginar que a Social-democracia conseguirá manter a síntese de mercado e socialidade que sempre caracterizou a sua imagem neste ultimo meio século ou se deverá rever-lhe quando menos a dosagem, num ou em outro sentido.

Social-Democráticos, Governos.
É preciso enfatizar que não há experiência Social-democrática...
tracking img