Smtp

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2330 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Importância do Modelo TCP/IP na Evolução das Redes de Computadores




Luciano Borges
Ademar Luiz Fraga



Resumo

Os modelos de referência são os alicerces da comunicação em rede, os mesmos propiciaram a padronização e facilitaram a conexão entre diferentes arquiteturas de computadores tornando possível a teia mundial que é de suma importância à humanidade e a ciência. Nesteartigo será abordado a historia, evolução e necessidade do uso dos modelos utilizados para interligar o mundo em uma comunicação global e indispensável à realidade tecnológica em que vive o ser humano. Serão explanadas as semelhanças e as diferenças dos modelos OSI e TCP/IP, bem como suas funcionalidades, prós e contras.

Palavras-chave: OSI. TCP/IP. Redes. Modelos




Introdução

Aimportância do modelo TCP/IP se dá pela facilidade, baixo custo e rápida disseminação entre a comunidade tecnológica. O objetivo da pesquisa é demonstrar o surgimento, suas características e estrutura de tal forma que se torne de fácil compreensão a todos os benefícios propiciados por este modelo. Para tanto o artigo dividir-se-á em quatro partes, a historia das redes de computadores, a historiada implantação dos modelos OSI e TCP/IP, características e funções das camadas dos mesmos e suas inter-relações.




Desenvolvimento

1 Histórico das redes
1950/1960 foi criado o primeiro MAIN FRAME
1960/1970 os primeiros computadores interligados a terminais burros.
1970/1980 surgem às primeiras redes locais de computadores – padrão mundial (LAN OSI-ISSO)
1995 nasce a rede WAN –internet como conhecemos hoje.
A partir disso temos como sucessora da internet a computação em nuvem, onde a tendência é que os sistemas locais migrem para a rede mundial de computadores, tornando-se possível acessá-las de qualquer lugar por meio de dispositivos móveis ou não.

2 Histórico de implantação do Modelo OSI e TCP/IP

Nas primeiras redes, apenas computadores de um mesmo fabricantepoderiam se comunicar. Isto por questões de compatibilidade, o qual cada fabricante adotava seu próprio padrão. Na época, os dois fabricantes que dominavam o mercado era a IBM e a DEC (Digital Equipament Corp, que hoje é a HP).

Esse problema estava dando dor de cabeça a muitos empresários, pois, se uma empresa “A” que tinha a IBM como solução em TI, comprasse uma empresa “B” que utiliza-serecursos DEC, a fusão das duas seria muito complicada, senão impossível tecnologicamente falando. Insatisfeito com a situação atual, os consumidores exigiram que esse problema fosse solucionado o mais rápido possível.

No inicio da década de 1981 a ISO (International Organization For Standardization) se reuniu com representantes de várias empresas para tentar resolver este impasse. Foiquando em 1984 o modelo OSI (International Systems Interconnections) foi criado e permitindo a comunicação de dados entre hardwares e softwares de fabricantes diferentes, e mais do que isso, o modelo OSI também padronizou a forma como os dados são preparados, organizados, enviados, recebidos, interpretados e utilizados, tudo organizado por camadas, onde cada camada tinha um conjunto de protocolos(regras), tudo padronizado para que todos os fabricantes “falassem a mesma língua". O modelo ficou conhecido como arquitetura em camadas.

O governo americano tentou impor esse modelo e em seguida o governo brasileiro também o fez através da Lei da Informática, porém, todas as tentativas de se impor esse modelo, fracassaram e lentamente esse modelo foi sendo ultrapassado por outros.O modelo OSI foi o mais bem estruturado de sua época, porém, não foi o primeiro modelo de referência independente de fabricantes. Um outro modelo já estava rondando as redes havia um bom tempo, mas, sem a ISO lhe “apadrinhando”, era o modelo TCP/IP. Não era estruturado como o OSI nem tinha a ISO como endosse, como dito anteriormente, por isso poder-se-ia dizer que era um modelo informal,...
tracking img