Sistemas operativos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2947 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE GREGÓRIO SEMADO
Faculdade de Engenharia e Novas Tecnologias
Sistemas Operativos

Processos
Conceito de Processos
Modelo Computacional

Multiprogramação

Luanda, aos 20 de Junho de 2011

UNIVERSIDADE GREGÓRIO SEMADO
Faculdade de Engenharia e Novas Tecnologias
Sistemas Operativos

Processos
Conceito de Processos
Modelo Computacional

JULIETA DE MORAIS ANTÓNIONº 4221

EAMES LORETA NUNES CABRAL
Nº 4320

Luanda, aos 20de Junho de 2011

Indice

Introdução

✓ Processos
Processos coorporativos
Thread
Estados de um processo
Representação logica de um processo
Escalonamento de processos
Niveis dde escalonamento
Escalonamento Preenpitivo e não Preenptivo
Criterios para oo escalonamento
Operaçõesem processos: Criação
Contolar de processos
Chaveamento entre processos
Tratamentos de interrupções
Mudança de estados de processo.

✓ Multiprogramação

Processos
Ciclos de processo
Relacionamento entre processos
Estados dos processos
Modelo simplificado de dois estados
Criação de processos
Termino de porocesso
Modelo de 5 estados
Processos suspensos
Razões para suspender umprocesso
Diagrama de estados amplificado
Suporte de hardware a multiprogramação
Proteção entre processos
Modos de operação de processador
Prestações de perifericos.

✓ Modelo Computacional

Simulação de sistemas
Variabilidade dos sistemas
Porquê simular
Sistemas
Sistemas computacionais
Sistemas de produção
Prestadores de serviço

✓Modelos

Tipos de modelos
Modelos de simulação
Desvantagem
Vantagem
Fases da modelagem
Fases da modelagem e Simulação
Erros mais comuns na simulação

✓ Conclusão
✓ Bibliografia

INTRODUÇÃO

O conceito de processo é a base para a implementação de um sistema multiprogramado. O processador é projetado apenas para executarinstruções, não sendo capaz de distinguir qual programa se encontra em execução. A gerência de um ambiente multiprogramado é função exclusiva do sistema operativo, que deve controlar a execução de diversos programas e o uso concorrente do processador. Para isto, para ser executado, um programa deve estar sempre associado a um processo.
A gerência dos processos é uma das principais funções de um sistemaoperativo. Através de processos, um programa pode adiccionar recursos, compartilhar dados, trocar informações e sincronizar sua execução.
Nos sistemas multiprogramados, os processos são executados concorren- temente, compartilhando o uso do processador, da memória principal e dos dispositivos de entrada e saída E/S.

Processos

Em S.O processo é um programa em execução queinclui:

▪ Contador de instruções
▪ Pilha
▪ Área de dados

Processos Cooperativos

▪ Processos independentes não podem afectar a execução de outros processos.
▪ Processos cooperativos podem afectar ou ser afectados pela execução de um outro processo envolvido

▪ Vantagens da cooperação entre processos:
▪ Compartilhamento de informações▪ Aumento da velocidade de computação (speedup)
▪ Modularidade
▪ Conveniência

Thread

(ou processo leve) é uma unidade básica de utilização da CPU, que consiste em:
▪ Apontador de instruções
▪ Conjunto dos registradores
▪ Espaço de pilha
▪ Uma thread compartilha com threads irmãs:
▪ Área de código
▪ Área dedados
▪ Recursos do sistema operacional (colectivamente conhecidos como tarefa)
▪ Um processo tradicional é equivalente a uma tarefa com uma única thread

Estados de um Processo

Um processo durante a sua execução passa por vários estados nomeadamente:

• Novo: quando o processo é criado
• Em execução: caso esteja associado a um processador executa suas...
tracking img