Sistemas operacionais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1566 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Inserindo dados em uma tabela
Para inserir valores em uma tabela, utilizamos o comando INSERT, que tem a seguinte
sintaxe:
mysql> INSERT INTO nome_tabela(lista_de_colunas) VALUES(lista_de_valores);
Vamos tomar como exemplo a tabela criada anteriormente, de nome “cadfun”, que tem
a seguinte estrutura:
INSERT INTO cadfun ( CODFUN,
NOME,
DEPTO,
FUNCAO,
VALUES ( 12, 'CARLOS ALBERTO', '3','VENDEDOR', 1530.00);

SALARIO)

Outra forma

INSERT INTO cadfun VALUES (50, 'CARLOS ALBERTO', '3', 'VENDEDOR', 1530.00,
'2011-10-10', 2);

Também poderíamos inserir dois ou mais registros de uma vez, separando as
informações de cada registro com vírgula, da seguinte forma:
INSERT INTO minha_terceira_tabela(coluna1,coluna2,coluna3)VALUES(12,'Almeida','2007-11-30'),(22,'Joaquim','2007-12-01');

Recuperando informações de uma tabela
Para recuperar informações de uma ou mais tabelas, utilizamos o comando SELECT. A
sintaxe básica do comando é a seguinte:
SELECT lista_de_colunas FROM nome_da_tabela;
Também podemos definir explicitamente o database da tabela que vai ser consultada,
colocando o nome dele na frente da mesma:
SELECT lista_de_colunas FROMnome_do_database.nome_da_tabela;
Vamos pegar como exemplo a tabela que foi criada nas seções anteriores, “VITUAL”:

Para recuperar as todas as informações da tabela utiliza-se o *(asterisco), exemplo:
select * from cadfun;

Poderíamos também trazer apenas as informações dos campos da tabela que
realmente necessitamos utilizando o comando:
select codfun, nome, admissao from cadfun;

Dentro do comando SELECT,também podemos especificar uma expressão ou lista de
expressões, que retornam números, strings, valores temporais ou NULL (nulo). Por
exemplo:
SELECT 3+3;

SELECT 5+3, 2*3;

Podemos perceber, no caso de usar expressões, que o nome da coluna no resultado é
igual à expressão informada. Se quisermos mudar este nome, podemos criar um “alias”
ou apelido, usando a palavra “AS” da seguinte forma:select 3+3 as soma;

Utilizando apelidos, podemos criar textos com espaços, desde que estejam entre
apóstrofos:
SELECT 5+3 AS 'Uma conta fácil', 2*3 AS 'Uma conta mais difícil';

Especificando critérios para a recuperação de registros
Nos comandos SELECT que vimos até agora, não existia nenhum critério de seleção,
sempre era exibido as informações relacionadas a todas as linhas databela. Porém,
podemos ter interesse em selecionar uma única linha ou determinado conjunto de
linhas de uma tabela, que satisfaça(m) a um determinado critério. Vamos tomar como
exemplo, a tabela “cadfun” .

Neste caso, se nós quisermos recuperar somente as linhas dos funcionários que
tenham o valor para depto igual a 5, usaríamos um SELECT com a seguinte cláusula:

Então, para especificar umcritério de seleção no comando SELECT, utilizamos a
cláusula WHERE no comando, seguida por uma expressão. Agora, a sintaxe do
comando SELECT fica da seguinte forma.
SELECT lista_de_colunas FROM nome_da_tabela WHERE expressão;
Lembrando que, se não for utilizada a cláusula WHERE, serão selecionadas todas as
linhas da tabela. Para construir uma expressão, podemos nos valer de operadores decomparação, operadores lógicos e funções (serão vistas mais adiante).

Aproveitando a nossa tabela de exemplo “cadfun”, vamos ver abaixo alguns exemplos
de utilização destes operadores:
1- Selecionar os funcionários que têm mais de 3 filhos:
SELECT * FROM cadfun WHERE filhos=1500.00;
4- Selecionar os funcionários que recebem salário entre 1.500,00 e 2.000,00:
SELECT * FROM cadfun WHERE salarioBETWEEN 1500 AND 2000;
5- Selecionar os funcionários que não recebem salário entre 1.500,00 e 2.000,00:
SELECT * FROM cadfun WHERE salario NOT BETWEEN 1500 AND 2000;
6- Selecionar os funcionários cujo nome começam com a letra “A”:
SELECT * FROM cadfun WHERE nome LIKE 'A%';

7- Selecionar os funcionários cujo nome começam com a palavra “Antonio”:
SELECT * FROM cadfun WHERE nome LIKE...
tracking img