Sistemas de arquivos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1279 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de maio de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho de Informática



SISTEMAS DE ARQUIVOS
A maneira como o disco é formatado e organizado logicamente no seu PC recebe o nome de Sistema de Arquivos e que pode variar (ou não) dependendo do sistema operacional usado.

* TRILHA
É uma fina linha (sulco) impressa sobre a superfície de discos de armazenamento magnético ou óptico. Um disco pode apresentar uma trilha de forma espiral docentro do disco para borda ou uma série de trilhas concêntricas da borda para o centro.

* SETOR
É uma marca lógica (não física) que segmenta uma trilha. Em trilhas espirais, todos os setores possuem tamanhos iguais e estão dispostos um seguido ao outro. Em trilhas concêntricas, estão distribuídos em segmentos marcados do centro para a borda, como fatias de pizza.

* CLUSTER
Um cluster é umsegmento de armazenagem de um dispositivo. Este segmento é determinado de forma simples: quais áreas cartesianas do disco (setor-trilha) podem ser acessadas sem mover o mecanismo de leitura.

ALGUNS SISTEMAS DE ARQUIVOS:
* FAT 16 E FAT 32
O sistema FAT aloca espaço para arquivos usando uma unidade chamada cluster, que é um conjunto de setores do disco. A FAT faz a associação dos clusters aosarquivos, e tem uma entrada para cada cluster.
    Quando, por exemplo, precisamos de um arquivo, o Sistema Operacional identifica, através da FAT, em qual cluster o arquivo começa e em qual ele termina
    Os arquivos não são necessariamente do tamanho exato de um cluster, podem ser maiores ou menores. Ao não serem do tamanho dos clusters, os bytes que sobram no cluster ficam inutilizados (estes bytessão chamados de 'slack space'). Assim se o cluster utilizado pela FAT for de 32KB e existir algum arquivo no disco de 100KB este arquivo 'estará ocupando' 128KB (4x32KB) e 28KB serão desperdiçados.
    Quanto mais bits a FAT utilizar, mais clusters poderão ser 'endereçados'. Tendo um número maior de clusters, a quantidade de bytes (ou de setores) no cluster diminui e consequentemente o slack spacetambém.
    O sistema FAT 16 utiliza 16 bits. Com 16 bits pode-se ter 65.536 ( 216 ) entradas diferentes, conforme os discos rígidos foram aumentando de tamanho, aumentava-se também os tamanhos dos clusters (e a perda por slack space).
   O disco rígido ideal era aquele em que o cluster tinha no máximo 1 setor (65.536 x 512 = 32 MB). Além disso, discos com mais de 4 GB não utilizam este sistemade 16 bits por questões relativas a estrutura da FAT.
 O sistema FAT 32, usando 32 bits, contorna este problema.
    Com 232 = 4.294.967.296 entradas diferentes na FAT, os discos rígidos só terão espaço inutilizado quando tiverem mais que 2 TB (232x512 =2.199.023.255.552 Bytes).
O FAT 16 utilizava os sistema operacionais MS-DOS e Windows 95 e o FAT32, que se tornou o sistema de arquivos do Windows95 (versão OSR 2) e do Windows 98, sendo também compatível com versões lançadas posteriormente, como Windows 2000 e Windows XP, embora estes tenham um sistema de arquivos mais avançado, o NTFS.

* NTFS
O NTFS (New Technology File System) é um sistema de arquivos que surgiu com o lançamento do Windows NT. Sua confiabilidade e desempenho fizeram com que fosse adotado nos sistemas operacionaisposteriores da Microsoft, como Windows XP, Windows Vista, Windows 7 e Windows Server 2008.
Esse sistema de arquivo utiliza um sistema baseado numa estrutura chamada “tabela de ficheiros soberana”, ou MFT (Master File table), permitindo conter informações detalhadas sobre os ficheiros. Este sistema permite assim a utilização de nomes longos mas, contrariamente ao sistema FAT32, é sensível à ruptura,ou seja, é capaz de diferenciar nomes em maiúsculas e nomes em minúsculas.
No que diz respeito aos desempenhos, o acesso aos ficheiros numa partição NTFS é mais rápido que numa partição de tipo FAT, porque utiliza uma árvore binária eficiente para localizar os ficheiros. O limite teórico da dimensão de uma partição é de 16 exaoctets (17 mil milhões de To), mas o limite físico de um disco é de...
tracking img