Sistema linfatico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1970 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DESENVOLVIMENTO



O sistema linfático é o sistema de drenagem do corpo, ele é composto de uma rede de vasos e pequenas estruturas chamadas nódulos linfáticos. Os vasos linfáticos conduzem o excesso de fluído coletado do resto do corpo de volta à circulação sanguínea. Ao longo do caminho esses fluidos são forçados a passar através dos nódulos linfáticos para que eles possam se filtrados.Organismos prejudicam como, por exemplo, bactérias são capturadas e destruídas pelas células sanguíneas brancas, chamadas linfócitos, que estão presentes nestes nódulos. Os linfócitos são também adicionados a linfa que flui para fora dos nódulos de volta à corrente sanguínea.




































SISTEMA LINFÁTICO



O sistema linfático  éuma rede complexa de órgãos linfóides, linfonodos, ductos linfáticos, tecidos linfáticos, capilares linfáticos e vasos linfáticos que produzem e transportam o fluido linfático (linfa) dos tecidos para o sistema circulatório. O sistema linfático é um importante componente do sistema imunológico, pois colabora com glóbulos brancos para proteção contra bactérias e vírus invasores.

O sistemalinfático possui três funções interrelacionadas: (1) remoção dos fluidos em excesso dos tecidos corporais, (2) absorção dos ácidos graxos e transporte subsequente da gordura para o sistema circulatório e, (3) produção de células imunes (como linfócitos, monócitos e células produtoras de anticorpos conhecidas como plasmócitos).

Os vasos linfáticos têm a função de drenar o excesso delíquido que sai do sangue e banha as células. Esse excesso de líquido que circula nos vasos linfáticos e é devolvido ao sangue chama-se linfa.

[pic]

CIRCULAÇÃO LINFÁTICA



A circulação linfática é responsável pela absorção de detritos e macromoléculas que as células produzem durante seu metabolismo, ou que não conseguem ser captadas pelo sistema sanguíneo.

O sistemalinfático coleta a linfa por difusão pelos capilares linfáticos e a retorna para dentro do sistema circulatório. Uma vez dentro do sistema linfático, o fluido é chamado de linfa e tem sempre a mesma composição que o fluido intersticial.

Produzida pelo excesso de líquido que sai dos capilares sanguíneos ao espaço intersticial ou intercelular, sendo recolhida pelos capilares linfáticos que drenamaos vasos linfáticos mais grossos até convergir em condutos que se esvaziam nas veias subclávias.

A linfa percorre o sistema linfático graças a débeis contrações dos músculos, da pulsação das artérias próximas e do movimento das extremidades. Se um vaso sofre uma obstrução, o líquido se acumula na zona afetada, produzindo-se um inchaço denominado edema.

Podeconter micro-organismos que, ao passar pelo filtros dos linfonodos (gânglios linfáticos) e baço são eliminados. Por isso, durante certas infecções pode-se sentir dor e inchaço nos gânglios linfáticos do pescoço, axila ou virilha, conhecidos popularmente como "íngua".

[pic]

As amigdalites causadas por bactérias, constuman causar pontos de pus nas tonsilas e aumento dos linfonodos (gânglios) do pescoço.CAPILARES LINFÁTICOS

A rede linfática tem seu início nos capilares linfáticos, formando verdadeiros plexos que se entrelaçam com os capilares sanguíneos. Através dos vasos pré-coletores e coletores, a linfa prossegue até chegar ao canal linfático direito e ao ducto torácico, que desembocam na junção das veias subclávia e jugular interna.
Os capilares linfáticos possuem um endotélio maisdelgado em relação ao sanguíneo. Suas células endoteliais sobrepõem-se em escamas, formando microválvulas que se tornam pérvias, permitindo sua abertura ou fechamento, conforme o afrouxamento ou a tração dos filamentos de proteção. Quando tracionados (conforme a pressão ou a movimentação dos tecidos), os filamentos permitem a penetração de água, partículas, pequenas células e moléculas de...
tracking img