Simbiose e ambiguidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1713 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Psicanálise do Enquadramento Psicanalítico

Winnicott define o “setting” como a “a soma de todos os detalhes da técnica”, ou seja, a adoção do termo situação psicanalítica para a totalidade dos fenômenos envolvidos na relação terapêutica entre analista e terapeuta.
A situação analítica pode ser estudada vendo-se o enquadramento como algo que diz respeito às constantes de um fenômeno, método outécnica: o processo estaria ligado ao conjunto das variáveis. Sua menção visa somente esclarecer que um processo só pode ser investigado quando mantida as mesmas constantes (enquadramento). Incluímos no enquadramento o papel do analista, o conjunto de fatores espaciais (ambiente) e temporais, e parte da técnica.
Existe uma literatura considerável sobre a necessidade de manutenção doenquadramento psicanalítico, sobre as rupturas e distorções que o paciente pode provocar. O enquadramento se converte de fundo de uma Gestalt em figura, mesmo nesses casos, o enquadramento não se torna idêntico ao processo da situação analítica, nossa interpretação visa sempre mantê-lo e restabelecê-lo.
Uma relação que se prolonga durante anos, com a manutenção de um conjunto de normas ou atitudes, não éoutra coisa senão a própria definição de uma instituição. Cada instituição é uma parte da personalidade do individuo, e tem tamanha importância que a identidade é sempre grupal ou institucional, pelo-menos uma parte da identidade é sempre configurada pela pertinência a um grupo, uma instituição, uma ideologia, um partido, etc. As instituições funcionam sempre como limites do esquema corporal enúcleo básico da identidade.
O enquadramento se mantém e tende a ser mantido como invariável, como inexistente, do mesmo modo que as instituições ou relações que só se dão a perceber quando falham. O problema da simbiose que é “muda”, e só se manifesta quando se rompe ou ameaça se romper, é o que acontece também com o esquema corporal, cujo estudo começou pela patologia que foi a primeira a mostrar suaexistência. As instituições e o enquadramento sempre se constituem num “mundo fantasma”: o da organização mais primitiva e indiferenciada, o que sempre esta só e é perceptível quando falta.
O que organiza o ego não são apenas as relações estáveis com os objetos e instituições, mas as frustrações e gratificações ulteriores com os mesmos. A percepção do objeto que falta e do que gratifica éposterior, o mais primitivo é a concepção de uma “incompleteza”.
O conhecimento de algo se dá na ausência desse, até que ele se organize como objeto interno, mas o que não percebemos também existe, e este “mundo fantasma” existe depositado no enquadramento, ainda que o mesmo tenha sido rompido.
O enquadramento é uma metaconduta da qual dependem os fenômenos que vamos reconhecer como condutas, é oimplícito do qual o explicito depende. A metaconduta funciona como “o baluarte”: cumpre a regra fundamental dessa observância. A simbiose serve de sustentação, de marco, mas só chegamos a vê-lo quando muda ou se rompe. O “baluarde” mais persistente, tenaz e oculto é o que se deposita no enquadramento.
A não repetição por cumprimento do enquadramento traz a luz uma parte muito importante dapersonalidade do paciente: seu “mundo fantasma” ou psicose de sua personalidade. A manutenção do enquadramento é o que permite a analise da parte psicótica da personalidade, se esses fenômenos não aparecem não é possível analisá-los. Para analisar o caráter deve-se transforma-lo em sintoma, isto é, deixar de ser ego-sintônico.
O enquadramento constitui a mais perfeita compulsão à repetição, na realidade,há dois enquadramentos: um que o psicanalista propõe e mantém e é aceito pelo paciente, o outro é o do “mundo fantasma” que o paciente projeta nele, este é uma compulsão à repetição ainda mais perfeita já que é mais completa, menos conhecida e mais inadvertida.
As instituições são usadas como mecanismos de defesa contra as ansiedades psicóticas, seria melhor dizer que são depositarias da parte...
tracking img