Silvicultura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1388 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
LARANJEIRAS DO SUL
ESTADO DO PARANÁ

Curso: Tecnologia em Gestão Ambiental
Disciplina: Silvicultura
Professor:

De que maneira a madeira, nativa ou plantada, poderia influenciar na alternativa de renda da região Cantuquiriguaçu

Acadêmicos:

Laranjeiras do sul, abril de 2011
Histórico da região Cantuquiriguaçu

A Associação dos MunicípiosCANTUQUIRIGUAÇU, fundada em 08 de Agosto de 1984 com personalidade jurídica de direito privado, com fins não econômicos, de natureza civil, com prazo de duração indeterminado, que visa a integração administrativa, econômica e social dos Municípios que a compõe, tendo sido declarada de Utilidade Pública Estadual em 30 de Junho de 1995, pela Lei n° 11.121, e registrada no cadastro nacional depessoas jurídicas (CNPJ) sob nº 78594645/0001-97.

A Associação Cantuquiriguaçu recebeu esta nomenclatura por força do grande potencial hídrico que banha os municípios que a compõe, sendo eles os rios: Iguaçu – Piquiri – Cantú, os principais da região e que figuram entre os mais importantes corpos de água do estado.
Tem sua sede no Município de Laranjeiras do Sul, Pr., este por sua situa-se a 841metros acima do nível do mar e sua população estimada em 2004 era de 30.063 habitantes dos quais aproximadamente 80% na área urbana e os 20% restantes na área rural do Município.
Apesar de grande maioria de sua população estar inserida nas áreas urbanas do município, a área rural responde por praticamente todas as nossas riquezas.

Emancipação:
Decreto Lei Estadual nº 533, de 21/11/1946Instalação: 30/11/1946 - Aniversário do Município
POSIÇÃO, LOCALIZAÇÃO E EXTENSÃO GEOGRÁFICA:
Médio Centro-Oeste do Paraná
Altitude: 841,00 m
Latitude do Distrito Sede: Sul 25, 40778
Longitude: Oeste: Oeste 52, 41611
Área Urbana: 19,3 Km2
Área Total: 601,00 Km2
LIMITES GEOGRÁFICOS:
Nova Laranjeiras; Marquinho; Virmond; Porto Barreiro, Rio Bonito do Iguaçu.

1 INTRODUÇÃO
A regiãoCantuquiriguaçu conta com um pólo consumidor que demanda grande quantidade de energia para processar grãos na agroindústria e essa energia provém de energias renováveis que são as florestas plantadas. A região tende a ter ainda grande quantidade de áreas degradadas que servirão bem ao intuito de se reflorestar visando à economia do sistema, a parte social e ambiental do mesmo.Visa-se incluir todos os setoresenvolvidos na geração de emprego, renda, bem como do bem estar social, econômico e ambiental.
De acordo com o engenheiro agrônomo Pedro Frâncio Filho, um dos mais importantes focos dos programas voltados a florestas plantadas deve ser capacitar os produtores para a implantação de florestas de maneira menos prejudiciais ao meio ambiente, sendo que o foco é produzir de maneira sustentável,produzir pensando no meio ambiente. Procura-se aliar técnicas modernas que façam uso de tecnologias que direcionam a atividade para um desenvolvimento florestal pouco agressivo e de alta produtividade. “Ortigara reforça sobre carência de madeira, seja para celulose, para a indústria moveleira ou para a construção civil, afirmando que é preciso rever essa situação com urgência”. Sendo assim considera-se aimportância e urgência de programas de restauração florestal que contribuam na geração de renda e empregos, proporcionando renda para agricultores e para municípios onde se focalize a preservação ambiental como ferramenta fundamental para o sucesso de programas voltados para o desenvolvimento sustentável.

1.1 TEMA
Florestas Plantadas visando o crescimento ambiental da região Cantuquiriguaçu,preservando e recuperando áreas degradadas de florestas.

1.2 PROBLEMA
Devido à falta de instrução e conscientização de muitos produtores rurais a degradação de florestas vem ocorrendo com freqüência na região da Cantuquiriguaçu, a falta de métodos voltados para o manejo sustentado da produção por parte de produtores e a própria indústria, acaba provocando o esvaziamento de programas de...
tracking img