Significante e significado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1203 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
6. Dicotomia 3: Significante e Significado
6.1. O Signo Linguístico
Para uma melhor compreensão das noções de significante e significado, é necessário que se entenda um pouco a respeito do Signo Linguístico.
Saussure estabeleceu a língua como sistema semiológico e separou os elementos psíquicos, dos físicos e fisiológicos. A Linguística põe de lado o ato da fala e centra-se no fato social.De um modo geral, a língua é considerada como um rol de termos, os quais estão associados a uma série de coisas. Saussure recusa esta visão simples e vulgar da língua, pois, de certo modo, “supõe que as ideias são anteriores às palavras” (Saussure, 1916: 121), pressupondo, assim, que a relação entre um nome e uma coisa se trata de uma operação simples. Este trata a língua como um sistema de signos,tão complexo e importante, o qual “é exemplar a todos os outros sistemas semiológicos” (Fidalgo, 2006).
A unidade linguística trata-se de um “fenômeno duplo, que resulta da aproximação de dois termos” (Saussure, 1916: 122); estes “são psíquicos e unidos no nosso cérebro por meio da associação (Saussure, 1916: 122)”. Não se trata de relacionar um “objeto” a um termo, mas sim um conceito a uma“imagem acústica”; é esta a função do signo linguístico.
“A imagem acústica é, por excelência, a representação natural da palavra, como fato virtual da língua, distinto de qualquer realização ao nível da fala” (Saussure, 1916: 122). Esta não se trata apenas de som material, de algo unicamente físico, “mas a marca psíquica desse som” (Saussure, 1916: 122). Se este é material, é num sentidosensorial. Nesta está presente o carácter psíquico, visto não ser necessário falar ou emitir sons (os quais ordenados formam palavras) para comunicarmos conosco mentalmente. Conclui-se, então, que o signo linguístico é uma entidade psíquica bi-face, constituída por conceito e imagem acústica, os quais se relacionam intimamente. Saussure propôs, no entanto, substituir respectivamente conceito e imagemacústica, por significado e significante, para evitar problemas de terminologia. Estes novos termos demonstram a oposição que os separa, mas relaciona-os igualmente.
6.1 Arbitrariedade do signo:
Este princípio define que a união entre significado e significante é arbitrária; desta forma, uma vez que a união entre significado e significante é o próprio signo linguístico, é possível dizer que osigno é arbitrário. A arbitrariedade indica que o significante é “imotivado” (Saussure, 1916: 126), visto não ter qualquer tipo de ligação natural ao significado, sendo assim arbitrário. “Assim, a ideia de «pé» não está ligada por nenhuma relação à cadeia de sons p + e que lhe serve de significante; podia ser tão bem representada por qualquer outra” (Saussure, 1916: 124). Esta característica dosigno é comprovada pelas diferenças existentes nas várias línguas e o fato de estas existirem de um modo diferente entre si. Não se trata de arbitrário por depender de escolha do “sujeito falante” (Saussure, 1916: 126), visto este ser impotente perante a decisão de alterar um determinado signo, perante uma comunidade.
A união entre as duas “metades” do signo trata-se muitas vezes de umaconvenção, visto se basear num hábito coletivo “…qualquer meio de expressão recebido numa sociedade assenta, em princípio, num hábito coletivo ou, o que resulta no mesmo, numa convenção. Muitas destas convenções são fixadas por regras” (Saussure, 1916: 125); é essa regra que as torna obrigatórias, “e não o valor intrínseco que elas possam ter” (Saussure, 1916: 125). É também ofato de ser arbitrário que distingue o signo de símbolo, visto que este “nunca é completamente arbitrário; ele não é vazio; há sempre um rudimento de ligação natural entre o significado e o significante” (Saussure, 1916: 126).
6.2 O Significado
O significado é denominado “representação psíquica da «coisa»” (Barthes, Elementos de Semiologia: 35) e “conceito” por F.Saussure, demarcando a...
tracking img