Significado das palavras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1127 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O signo lingüístico, segundo a concepção semiológica de raiz saussuriana15, é constituído de duas partes indissolúveis: uma denominada significante, ou plano da expressão, perceptível, formada de sons, que podem ser representados por letras; e uma denominada significado, ou plano do conteúdo, inteligível, constituída de um conceito.
15 Ferdinand de Saussure (26 de novembro, 1857 - 22 deFevereiro 1913) era um suíço lingüista cujas idéias colocou uma fundação para muitos desenvolvimentos significativos na lingüística no século 20. Saussure é amplamente considerado um dos pais da lingüística do século 20.
Ao ouvirmos ou lermos, por exemplo, a palavra “cavalo”, percebemos a combinação de sons/letras – o significante – e o associamos a um conceito – o significado.
Numa língua natural, écomum a ocorrência de um significante ser suporte de mais de um significado, ou seja, o mesmo termo apresenta vários significados.
A palavra ação, por exemplo, apresenta vários significados registrados nos dicionários:
1) ato ou efeito de atuar; atuação, ato, feito, obra;
2) maneira como um corpo, um agente, atua sobre o outro;
3) modo de proceder, comportamento, atitude;
4) seqüência degestos, movimentos e atitudes dos atores em cena;
5) capacidade de invocar o poder jurisdicional para fazer valer um direito que se julga ter;
6) meio pelo qual se pode movimentar o aparelho jurisdicional.
12

Quando um significante remete a vários significados, dizemos que ocorre a polissemia.
A polissemia, própria da maioria dos signos lingüísticos, não chega a constituir problema para a clarezae objetividade da comunicação, porque, em geral, fica neutralizada pelo contexto.
Vamos entender por contexto uma unidade lingüística de âmbito maior, onde se insere outra unidade de âmbito menor. Assim, a palavra se insere no contexto da frase que, por sua vez, se insere no contexto do período, que por sua vez se insere no contexto do parágrafo e assim por diante. Uma vez inserida no contexto,a palavra perde seu caráter polissêmico, isto é, deixa de admitir vários significados e ganha um significado específico no contexto.
Assim, na frase: “O advogado iniciou uma ação trabalhista”, o significado de ação é específico, é um significado dado pelo contexto.
Para a compreensão de um texto, a depreensão do significado contextual é um dado importante. Num texto, tudo deve ser amarrado ecoerente; a coerência do texto permite que se capte o sentido que as palavras assumem no contexto.
A relação existente entre o plano da expressão e o plano de conteúdo configura o que chamamos de denotação, isto é, a palavra apresenta um significado conhecido por todos, o sentido dicionarizado. Por exemplo: “Com quem está a chave da porta?” “No inverno, o chocolate, servido bem quente, aquece”.
Umapalavra, além do seu significado denotativo, pode apresentar outros significados paralelos, por vir carregada de impressões, valores afetivos, negativos e positivos. Esses valores sobrepostos ao signo constituem o que se denomina conotação, isto é, a palavra empregada em sentido conotativo tem a propriedade de apresentar significados diferentes do seu sentido original, mantendo inalterado osignificante. Por exemplo: Aí está a chave do problema. Esta é a porta do sucesso. No inverno da vida, seus pensamentos retornam à juventude.
Duas palavras podem ter a mesma denotação16, mas conotação17 completamente diversa, e essa propriedade pode servir para deixar clara a diferença entre essas duas dimensões do signo lingüístico. Por exemplo, as palavras docente, professor e instrutor, que denotampraticamente a mesma coisa: alguém que instrui alguém; as três, entretanto, são carregadas de conteúdos conotativos diversos, sobretudo no que diz respeito ao prestígio e ao grau de respeitabilidade que cada um desperta.
16 Denotação é a significação objetiva da palavra; é a palavra em "estado de dicionário".
17 Conotação é a significação subjetiva da palavra; ocorre quando a palavra evoca...
tracking img