Sexualidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1489 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de maio de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
DILEMAS DO EDUCADOR FRENTE A SEXUALIDADE
NA EDUCAÇÃO INFANTIL (0 A 6 ANOS)

Flavia Gonçalves de Santiago,
Jurcleidy Moritz Luz,
Márcia Mesquita, Zenilda Scalvin.

Sabemos que o homem é um ser sexuado, assim, tudo o que este realiza envolve
esta dimensão.

Como seres sexuados somos também sexualizados e a primeira

manifestação disso é na hora do nascimento, quando nossos pais perguntam "é
meninoou menina?"
Durante a inserção da criança nas instituições de educação infantil percebemos os
comportamentos que se revelam ano a ano e a angústia de profissionais que muitas
vezes não conseguem lidar com essa questão. Partindo destas dúvidas, realizamos
uma reportagem com Roberto Warken, especialista da área na qual pretendemos
esclarecer algumas de nossas dúvidas e de outros profissionais daárea da Educação
Infantil (0 a 6 anos).
Entrevista:
1) Como trabalhar com a sexualidade infantil, sem possuir atitudes repressivas
e inadequadas frente a descoberta da criança sobre seu sexo?
RESPOSTA: Nós, que estamos estudando nas áreas pertinentes a educação, que
pensamos que esta se resume somente em práticas pedagógicas, didáticas, em
disciplinas que dizem respeito às nossas especializações,perdemos uma qualidade
básica: deixamos de ser generalistas. E, dentre tantas coisas, deixamos de procurar
saber mais a respeito de algo tão inerente a nós: nossas sexualidades. Limitamos
nosso conhecimento sobre sexualidade tomando por base a nossa própria experiência
e deixamos de lado toda a diversidade que a própria sexualidade implica.

4

A construção cultural de nossa sociedade é baseada emvalores judáico-cristãos.
Desta maneira não é de se espantar que encontremos pessoas conferindo às crianças
um ar assexuado e angelical. Para elas, crianças não sentem prazer. Crianças na faixa
do zero aos seis anos passam por duas fases de descobertas. A primeira é oral, logo na
primeira idade, quando a criança é amamentada e procura levar a boca tudo que suas
mãos conseguem pegar. Enquanto crescemvão descobrindo o seu corpo. Manusear o
pênis ou tocar a vagina é apenas um ato comum de descoberta que, está acompanhada
de prazer. As crianças realmente sentem prazer à medida em que avançam a idade e
podemos perceber isso na relação que estabelecem com certos tipos de brinquedos e
brincadeiras, onde a sua genitália está em contato com algo (o assento da bicicleta,
por exemplo) ou, ou emcontato com uma parte do corpo de alguém (como a coxa da
mamãe com quem brinca de cavalinho).
A melhor forma de agir frente a descoberta da criança é deixá-la exercer sua
descoberta. Se isso incomoda a outras crianças, é um bom motivo para sentar e
conversar sobre formas de reprodução, sobre higiene, etc. Obviamente, há momentos
em que a criança está com algum problema, como uma assadura, um machucadoe
cabe ao/a educador/a se aproximar questionar sem invadir, sem tornar o fato num
problema público, o que realmente não é. Pois, em muitos momentos a manipulação
de genitais, ou outras formas de expressão incomodam mais aos adultos, que as
crianças.

Depois que a curiosidade inicial passar, a atenção da criança se voltará

para outras coisas que lhe chame a atenção.
Todavia, não podemos deixaralguns fatos. Se percebermos que a criança está
passando mais tempo dando atenção a sua genitália de uma forma compulsiva, se
abstendo do convívio social, se distanciando, é importante conversarmos com alguém
mais experiente.

2) Qual a orientação que o educador deve dar para os responsáveis pela
criança e à que se masturba, que toca no órgão sexual de outra criança, que
beija na boca e/ou que temcomportamentos contrário ao seu sexo?
RESPOSTA: Creio que devemos repensar sobre este assunto. O papel do/a
educador/a deve ser restrito aos seus alunos?

Compete a ele/ela

orientar os/as

5

responsáveis sobre temáticas relativas a sexualidade? Isto faz parte do quadro horário
do educador? Deveria existir um espaço na escola que fosse voltado para esse tipo de
atendimento?
Veja, não estou...
tracking img