Sexualidade na adolescencia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 133 (33164 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ ESCOLA NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA SUBÁREA SAÚDE E SOCIEDADE

A SEXUALIDADE NA ADOLESCÊNCIA Os valores hierárquicos e igualitários na construção da identidade e das relações afetivo-sexuais dos adolescentes

Professora Orientadora: Prof. ª Dra. Karen Mary Giffin Mestranda: Cláudia de Paulo Pereira

OUTUBRO DE 2002

ii

A minha filha AnaGabriela que trouxe um novo colorido para minha vida

iii

AGRADECIMENTOS

Agradeço primeiramente a Deus, que me proporcionou meios de ingressar e realizar o Mestrado em uma instituição tão digna e respeitável como a FIOCRUZ. A minha mãe que possibilitou minha inscrição para o processo seletivo e para a realização deste curso, cuidando de minha filha e suportando, sem muitas queixas, a minhafalta de disponibilidade para estar com minha família. Sou especialmente grata à minha orientadora, Prof. Dra. Karen Mary Giffin, que mais que uma profissional brilhante e reconhecida na área de Gênero e Sexualidade, é um ser humano de uma sensibilidade e solidariedade inestimáveis. Sem o seu apoio incondicional nos vários momentos difíceis que atravessei durante esta caminhada não teria sidopossível a realização deste sonho. A ela que faz jus ao título de ORIENTADORA e MESTRE, dedico um profundo carinho e gratidão. Ao meu amigo Daniel, que me ajudou na organização dos dados e, através de sua interlocução, ajudou-me a compreender um pouco melhor a alma masculina. Ao Chefe da Divisão de Saúde Mental em Petrópolis, Sr. Rui Stockinger, que, por compreender a relevância deste curso, contribuiupara viabilizar a realização desta pesquisa na unidade de saúde em que trabalho e não poupou esforços para garantir as condições institucionais de que eu necessitei para dar conta desta grande tarefa. Aos adolescentes, cuja contribuição foi fundamental à realização desta pesquisa. A ENSP/FIOCRUZ, pela grandeza e seriedade da função educativa e social que exerce e pela estrutura que oferece aosalunos para a realização de suas tarefas. Aos Examinadores da Banca, por se disporem a contribuir com seu conhecimento para o enriquecimento deste trabalho. A amiga Ana Valéria, pela boa vontade e critério com que fez a revisão do texto.

iv

RESUMO Esta pesquisa teve como objetivo compreender de que forma os valores hierárquicos e igualitários que referem-se ao masculino e ao feminino operam naconstituição da identidade e das relações afetivo-sexuais dos adolescentes. Partindo de uma perspectiva relacional de gênero e considerando o contexto em que se dão os relacionamentos afetivo-sexuais na contemporaneidade, foram realizadas oito entrevistas com adolescentes de ambos os sexos que estudam no bairro do Carangola e freqüentam a unidade de saúde. As entrevistas permitiram perceber acoexistência de valores hierárquicos, que caracterizavam o masculino como superior ao feminino e de valores igualitários, que admitem as diferenças sem hierarquias. Esta coexistência traz contradições nítidas nos discursos dos jovens, nas quais o conteúdo igualitário é enunciado mais claramente e o hierárquico surge nas entrelinhas. Embora, em sua maioria, os jovens entrevistados tenham práticasafetivosexuais que baseiam-se em valores dignificantes e humanizantes, estes reconhecem a existência, na sociedade e entre seus pares, da dissociação amor e sexo e da violência entre pares, o que pode ser compreendido como uma masculinização no conceito de igualdade. A contribuição que este trabalho pretende trazer aos profissionais que atuam com adolescentes é apontar para a importância do“empoderamento” pessoal (personal empowerment) dos adolescentes, no sentido de ajudá-los a preservarem os valores humanizantes e dignificantes. Palavras-chave: Adolescentes, sexualidade, gênero, identidade, relações afetivosexuais

v

ABSTRACT The object of this research was to understand how hierarchic and igualitarian values relative to gender operate in the constitution of the identities and...
tracking img