Sexologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1774 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Centro de Estudos Psicanalíticos





CURSO: Formação em Psicanálise Clínica
ALUNO: Martinho Lutero Bauermeister





Módulo


SEXOLOGIA
















SÃO PAULO
2010
Neste trabalho a palavra sexo designa, em primeiro lugar os dois grandes grupos de seres viventes que conhecemos sob a denominação de masculinos e femininos, ou machos e fêmeas. Em um sentido maisrestrito, “sexo” e “sexual” significam qualidades ou propriedades físicas ou psíquicas. Todavia, na opinião corrente a palavra “sexual” aplica-se ao processo das relações entre os sexos, levando algumas pessoas a pronunciarem-na com um certo tom de desprezo; até mesmo a palavra “sensualidade” foi atingida por essa depreciação, dificultando à sexologia se conduzir em face dessas intrusões da moralem seu domínio.

Devido à desconsideração em que caiu a expressão “sexual” foi necessário procurar uma palavra que a substituisse. E, por ironia do destino, escolheu-se a palavra “erótica”, termo que durante séculos servira precisamente para designar produções literárias especiais, particularmente livres.

No fundo, sexualidade e erotismo têm a mesma significação. Ambas as expressões designama sexualidade psicofísica.

De acordo com a visão predominante, a vida sexual humana consiste essencialmente num esforço de se pôr os próprios genitais em contato com os de alguém do sexo oposto. E, como fenômeno acessório e introdutório, acham-se associados o olhar este corpo alheio, tocá-lo e beijá-lo. Supõe-se que tal esforço surja na puberdade (idade da maturidade sexual), com objetivo àreprodução. Não obstante, sempre foram conhecidos certos fatos que não se adaptam a estreita estrutura desta visão.

É fato marcante existirem pessoas que só são atraídas por indivíduos de seu próprio sexo e pelo órgão genital deles.

De igual modo é notório existirem pessoas cujos desejos se comportam exatamente como os sexuais, porém desconsideram inteiramente o órgão sexual ou sua utilizaçãonormal, as quais são conhecidas como “pervertidas”.
E, por fim, é algo notável que algumas crianças (por causa disso, são encaradas como degeneradas) tenham um interesse muito precoce por seu órgão genital e apresentem nele sinais de excitação.

Tais fatos são esclarecidos com o surgimento da psicanálise, isto é as descobertas de Freud, que, diga-se de passagem, provocaram espanto, contrariandoas opiniões sobre sexualidade. Seguem abaixo descritos, suas principais descobertas:

- A vida sexual não começa somente na puberdade, mas, com evidentes manifestações, logo após o nascimento.
- Faz-se necessária a distinção entre os conceitos de “sexual” e “genital”. Trata-se o primeiro de um conceito mais amplo, envolvendo muitas atividades, que nada tem a ver com a genitália.
- A vidasexual inclui a função de obter prazer das zonas corporais que, subseqüentemente, são postas a serviço da reprodução. Muitas vezes as duas funções não coincidem completamente.

O principal interesse focaliza-se na mais surpreendente de todas, a primeira das afirmações. Foram observados sinais de atividade corporal na mais tenra infância, a que somente um arcaico preconceito poderá negar o nome desexual, e que estão associados a fenômenos psíquicos, que são deparados mais tarde, na vida erótica adulta – tais como a fixação a objetos específicos, ciúmes, e assim por diante.

Em, o Ego e o Id (1923), Freud propôs uma divisão tripartite da personalidade em ego (‘eu’), id (‘isto’) e superego. O id é inconsciente e contém as emoções e os instintos primitivos. O superego contém os valores moraise ideológicos. O ego prossegue entre os dois, tentando reconciliar suas necessidades com as imposições da realidade exterior. Trata-se da sede de consciência, mas seus mecanismos de defesa não são processos conscientes.

A psicanálise enfatiza que os instintos e emoções permanecem inconscientes, não sendo reconhecidos na vida consciente ordinária, mas afetando profundamente o pensamento e o...
tracking img