Sexo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4121 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
COMUNICAÇÃO PROFISSIONAL E EMPRESARIAL
Professora Iara Yamamoto
Adaptação: Prof. Me. Valter Campos

Introdução

A empresa, o profissional e a comunicação empresarial

“O mais importante na comunicação é SABER OUVIR, para poder compreender e interpretar, com exatidão, o conteúdo da mensagem transmitida e a intenção do seu emissor, favorecendo, assim, o RETORNO DAINFORMAÇÃO, que marca o início do DIÁLOGO, que, por sua vez, pode garantir a qualidade do RELACIONAMENTO HUMANO. Muitos desentendimentos, brigas, rupturas, guerras e conflitos sociais seriam evitados e solucionados pelo simples entendimento dessa questão de BOM SENSO.” (MATOS, 2004, p. 7).

Processo tão natural, como respirar, comer, beber água, ir, chorar ou caminhar, a comunicação é a força quemovimenta a vida das pessoas, das empresas e das sociedades.

I. Comunicação escrita

Precisamos ter em mente que colocar palavras no papel não é escrever um texto! Para que a escrita seja considerada um texto, é necessário haver significação, isto é, precisamos trabalhar as palavras, combiná-las de tal forma que o produto tenha significação, isto é, seja um texto.

Falar émuito mais simples, pois não há grande preocupação com as regras gramaticais. Mas, quando escrevemos, há esse cuidado maior com a gramática normativa, preocupação com a clareza e seleção do vocabulário.

No cotidiano da empresa, expressar-se por meio da palavra escrita, redigir, é uma prática comum e necessária entre os profissionais que nela trabalham.

Para PIMENTA, escrever bemé:

• obedecer às regras gramaticais, evitando erros de sintaxe, pontuação, ortografia, entre outros;

• procurar a clareza, evitando palavras e frases obscuras ou de duplo sentido;

• agradar o leitor, empregando expressões elegantes e fugindo de um estilo muito seco.

Para que a comunicação escrita seja eficaz, é necessário:

• clareza e objetividade, para que amensagem implique uma resposta;

• precisão, para que o outro compreenda o que se está pensando;

• persuasão, para obter a colaboração e resposta esperadas.

É preciso tomar cuidado com:

• interferência física: dificuldade visual, má grafia das palavras, cansaço, falta de iluminação, entre outros;

• interferência cultural: palavras ou frases complicadas ou ambíguas,diferenças de nível social;

• interferência psicológica: mensagem que contenha agressividade, aspereza, antipatia, entre outros.

No ato comunicativo, as ideias do remetente poderão ser conhecidas pelo destinatário quando:

• o remetente transformar suas ideias em mensagem, associando-as a signos;

• o remetente enviar a mensagem, constituída de signos, ao destinatário;• o destinatário receber os signos, captando os significantes e entendendo os significados ou ideias a eles associados.

A partir do momento em que o destinatário entender o significado, ele estará apto a produzir uma resposta, isto é, dar o feedback.

Para escrever um texto de maneira original e criativa, para formar frases fluentes, bem-estruturadas e de fácilassimilação, basta utilizar palavras conhecidas por todos.

É bom lembrar que um texto simples não implica, necessariamente, a repetição de formas e frases desgastadas.

1 Estrutura interna da comunicação escrita

O texto é formado de parágrafos ou raciocínios progressivos. Normalmente, introduzimos no início do parágrafo a ideia central, também chamada de tópico frasal. Ele, uma vezidentificado, ajuda-nos a separar o que é relevante do que não o é. Ao redor dessa ideia central, girarão as ideias secundárias ou complementares.

Nunca é demais lembrar que uma redação comporta três partes:

• Introdução;

• Desenvolvimento;

• Conclusão.

2 Concisão, coerência e coesão

2.1 Concisão:

Em oposição a textos prolixos que...
tracking img