Ser filho adotivo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (312 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SER FILHO ADOTIVO
Boa noite! Eu quero dar início ao nosso trabalho que vai tratar acerca da adoção. Eu, particularmente, vou falar sobre o que é ser filho adotivo, sobre osbenefícios e os problemas que as famílias obtém ao adotar e após adoção de uma criança (ou adolescente), quando o filho deverá saber que é adotado.
PARTE 1
Bem,primeiramente, eu queria perguntar se alguém sabe o que é ser filho adotivo? Ser filho adotivo é ser filho, não importa se nasceu de outra pessoa, ele continua sendo filho.
PARTE 2Então, é importante o casal refletir bastante antes de adotar uma criança (ou adolescente). É necessário que os futuros pais pensem com cuidado se estão preparados parareceber um filho, se já estão preparados até para saber como contar a verdade para ele no futuro. Uma criança pode trazer bastante felicidade para o lar. Quais são os benefício? Arealização de um sonho para pais que não conseguem gerar descendentes, um ambiente de bem estar, uma união maior do casal etc. Porém a vinda de mais um integrante poderá, também,trazer problemas. Se o filho adotado não andar na linha, não ser educado, ele poderá ser cobrado por ser adotado. Por isso é importante refletir demasiadamente antes de adotar.PARTE 3
A parte mais complicada da adoção é o momento de contar a verdade ao filho. Essa questão sobre contar a verdade ao filho sobre a adoção é uma coisa que deve serperiódica, que os pais vão estudando ao longo do tempo a melhor forma de “abrir o jogo”. Não existe dia nem hora para se contar a verdade. O recomendável é que a criança saiba sobre aadoção desde de pequena, desde quando começar a falar e entender. Isso porque a criança vai crescer sabendo que é adotada, ela vai levar esse fato com a maior naturalidade.
tracking img