Sentido das coisas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1986 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O sentido das coisas

(epílogo de Conexões Ocultas.
Fritjof Capra. SP: Cultrix, 2002)


Meu objetivo nesse livro, foi o de desenvolver uma estrutura conceitual que integre as dimensões biológica, cognitiva e social da vida; uma estrutura que nos habilite a resolver de maneira sistêmica alguns dos maiores problemas da nossa época. A análise dos sistemas vivos em função de quatroperspectivas interligadas – forma, matéria, processo e significado – faz com que e nos seja possível aplicar uma compreensão unificada da vida não só aos fenômenos materiais, mas também aos que ocorrem no campo dos significados. Vimos, por exemplo, que as redes metabólicas dos sistemas biológicos correspondem às redes de comunicações dos sistemas sociais; que os processos químicos que produzemestruturas materiais correspondem aos processos de pensamento que produzem estruturas semânticas; e que os fluxos de energia e matéria correspondem aos fluxos de informações e idéias.
A idéia central dessa concepção sistêmica e unificada da vida é a de que o seu padrão básico de organização é a rede. Em todos os níveis de vida – desde as redes metabólicas dentro da célula até as teias alimentaresdos ecossistemas e as redes de comunicações da sociedade humana -, os componentes dos sistemas vivos se interligam sob a forma de rede. Vimos, em particular, que na Era da Informação – na qual vivemos – as funções e processos sociais organizam-se cada vez mais em torno das redes. Quer se trate das grandes empresas, do mercado financeiro, dos meios de comunicações ou das novas ONGs globais,constatamos que a organização em rede tornou-se um fenômeno social importante e uma fonte crítica de poder.
No decorrer deste novo século, dois fenômenos em específico terão efeitos significativos sobre o bem-estar e os modos de vida da humanidade. Ambos esses fenômenos têm por base as redes e ambos envolvem tecnologias radicalmente novas. O primeiro é a ascensão do capitalismo global; o outro é acriação de comunidades sustentáveis baseadas na alfabetização ecológica e na prática do projeto ecológico. Enquanto que o capitalismo global é feito de redes eletrônicas onde ocorrem fluxos financeiros e de informações, o projeto ecológico trata das redes ecológicas de fluxos energéticos e materiais. O objetivo da economia global é o de elevar ao máximo a riqueza e o poder de suas elites; oobjetivo do projeto ecológico é o de elevar ao máximo a sustentabilidade da teia da vida.
Essas duas propostas – cada uma das quais envolve uma rede complexa e uma tecnologia avançada e especial – encontram-se, atualmente, em rota de colisão. Já vimos que a forma atual do capitalismo global é insustentável dos pontos de vista social e ecológico. O chamado “mercado global” nada mais é do que umarede de máquinas programadas para atender a um único princípio fundamental: o de que o ganhar dinheiro deve ter precedência sobre os direitos humanos, a democracia, a proteção ambiental e qualquer outro valor.
Entretanto, os valores humanos podem mudar; não são leis naturais. As mesmas redes eletrônicas nas quais correm fluxos financeiros e se informações podem ser programadas de acordo comoutros valores. A questão principal não é a tecnologia, mas a política. O grande desafio do século XXI é da mudança do sistema de valores que está por trás da economia global, de modo a torná-lo compatível com as exigências da dignidade humana e da sustentabilidade ecológica. Com efeito, vimos que esse processo de remodelação da globalização já começou.
Um dos maiores obstáculos àsustentabilidade é o aumento contínuo do consumo material. Apesar da importância que têm na nova economia o processamento de informações , a geração de conhecimento e outros artigos “intangíveis”, o principal objetivo de todas essas inovações é o de aumentar a produtividade, o que faz aumentar, em última análise, o fluxo dos bens materiais. Embora a Cisco Systems e outras empresas virtuais administrem...
tracking img