Semicondutores

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1207 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SÃO SUBSTÂNCIAS CUJOS ÁTOMOS POSSUEM QUATRO ELÉTRONS NA CAMADA DE VALÊNCIA (ÚLTIMA CAMADA).

SEMICONDUTORES CARACTERÍSTICAS
OS SEMICONDUTORES NÃO SÃO BONS NEM MAUS CONDUTORES DE ELETRICIDADE, NA VERDADE A SUA CONDUTIVIDADE DEPENDE DA TEMPERATURA A QUAL ELE ESTÁ SUBMETIDO.

POR EXEMPLO, UM CRISTAL DE SILÍCIO SE COMPORTA COMO UM ISOLANTE PERFEITO A TEMPERATURA DE -273ºC. A MEDIDA QUEA TEMPERATURA VAI AUMENTANDO, SUA CONDUTIVIDADE TAMBÉM AUMENTA. O SILÍCIO E O GERMÂNIO SÃO OS SEMICONDUTORES USADOS NA CONSTRUÇÃO DE DISPOSITIVOS ELETRÔNICOS (DIODOS, TRANSISTORES, CIRCUITOS INTEGRADOS ETC.).

O diodo é apenas um dos diversos componentes usados em eletrônica. Um díodo é um componente de larga utilização na eletrônica. Os diodos são componentes eletrônicos formados porsemicondutores. São usados como semicondutores, por exemplo, o silício e o germânio, que em determinadas condições de polarização, possibilitam a circulação de corrente. Externamente, os diodos possuem dois terminais: Ânodo (A) e o Cátodo (K) e há, próximo ao terminal Cátodo uma faixa que o indica. Possui formato cilíndrico. O diodo é a aplicação mais simples da união PN (semicondutores) e tempropriedades retificadoras, ou seja, só deixa passar a corrente em um certo sentido (Anodo-Catodo), sendo o contrário impossível, exceto nos diodos zener, que nessa condição deixam passar uma voltagem constante. Existem certas variações na sua apresentação, de acordo com a corrente que o percorre. Existem também os diodos emissores de luz, os famosos LED's (light emissordiode), que são representados porum diodo normal mais duas pequenas flechas para fora, que indicam que emite luz. Possuem as mesmas propriedades dos diodos normais, porém, é claro, emitem luz.

UTILIZAÇÃO DO DIODO - LED
 Aula de Eletrnica Diodos

httpmarcelomoraeswordpresscom.wmv

Este movimento de elétrons de valência (ou de lacunas), é o que diferencia os semicondutores dos condutores. Num condutor só existe correntede elétrons livres. A corrente de lacunas nos semicondutores é apenas uma analogia, porque quem se movimenta na verdade são os elétrons de valência, tenha isso sempre em mente. Na prática, não tem como medir a corrente de elétrons livres e de lacunas de forma independente dentro do cristal, mas saiba que elas existem e que o uso dos semicondutores na construção de dispositivos eletrônicos se deu,em grande parte, por esta característica.

Nós já sabemos que o átomo de silício possui quatro elétrons na camada de valência, só que para formar o sólido o átomo precisa de oito elétrons na camada de valência. para obter os oito elétrons na camada de valência, os átomos se associam numa ligação chamada de ligação covalente. Na ligação covalente, os átomos compartilham elétrons com os átomosque estão a sua volta, como vemos na figura abaixo.
Na ligação covalente, cada átomo compartilha um elétron com o átomo vizinho. Desta forma, o átomo central apanha quatro elétrons emprestados, o que lhe dá um total de oito elétrons na camada de valência, adquirindo estabilidade química para formar o sólido. Os elétrons compartilhados não passam a fazer parte efetivamente do átomo central,Portanto, eletricamente falando, cada átomo ainda continua com quatro elétrons na camada de valência e quatorze no total, ou seja, eletricamente neutro.

Os átomos de silício se distribuem no sólido formando uma estrutura cúbica, onde os átomos ocupam os vértices do cubo. Esta estrutura cúbica é normalmente chamada cristal. É por isso que nós dizemos que o sólido de silício é um cristal de silício. Na prática, a estrutura cristalina ilustrada na figura só é conseguida quando o cristal de silício é submetido à temperatura de zero graus absolutos (ou -273ºC). Nessa temperatura, todas as ligações covalentes estão completas os átomos têm oito electrões de valência o que faz com que o átomo tenha estabilidade química e molecular, logo não há electrões livres e, consequentemente o material...
tracking img